Repositório Digital

A- A A+

Reflexões sobre o ofício do historiador em arquivos a partir da construção da oficina resistência em arquivo : patrimônio, ditadura e direitos humanos

.

Reflexões sobre o ofício do historiador em arquivos a partir da construção da oficina resistência em arquivo : patrimônio, ditadura e direitos humanos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reflexões sobre o ofício do historiador em arquivos a partir da construção da oficina resistência em arquivo : patrimônio, ditadura e direitos humanos
Autor Alves, Clarissa de Lourdes Sommer
Orientador Rodeghero, Carla Simone
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Bacharelado.
Assunto Arquivos : Brasil
Ditadura
Historiador
Historiografia
Memória
Patrimônio
Resumo Este trabalho tem por objetivo analisar que tensões e pressupostos do fazer historiográfico podem ser notados no processo de construção da oficina Resistência em Arquivo: patrimônio, ditadura e direitos humanos, criada e oferecida através do Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS, uma parceria entre o Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Buscando analisar sua construção através do conceito de operação historiográfica, a monografia levanta reflexões a respeito de quais bases epistemológicas, teóricas e metodológicas da história foram mobilizadas pelos profissionais que participaram dessa construção, problematizando a atuação dos historiadores dentro de instituições arquivísticas. A oficina foi criada em 2013 a partir de processos de indenização a ex-presos políticos da ditadura civil militar brasileira. Eles fazem parte do Fundo Comissão Especial de Indenização, salvaguardado pelo APERS, e são pensado nesse trabalho como patrimônio documental. Levando-se em conta a temática, as fontes, e que a criação se deu em um contexto de fortes embates em torno das políticas públicas de memória e de lutas por memória, verdade e justiça no país, tornou-se central a análise das relações entre memória, história e o lugar social do historiador nesse processo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132881
Arquivos Descrição Formato
000984141.pdf (4.901Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.