Repositório Digital

A- A A+

"Datação U-Pb e geoquímica de zircões do Grupo Serra Geral, Sul do Brasil".

.

"Datação U-Pb e geoquímica de zircões do Grupo Serra Geral, Sul do Brasil".

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título "Datação U-Pb e geoquímica de zircões do Grupo Serra Geral, Sul do Brasil".
Autor Bruckmann, Matheus Philipe
Orientador Hartmann, Léo Afraneo
Philipp, Ruy Paulo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Grupo Serra Geral
Prospecção geoquímica
Zircão : Geoquímica
[en] Geochemistry of zircons
[en] Large igneous provinces
[en] Serra geral group
[en] U-Pb geochronology
Resumo A Província Vulcânica Paraná, na qual se insere o Grupo Serra Geral, compreende uma grande província ígnea (Large Igneous Provinces) de grandes acúmulos de basaltos continentais (Continental Flood Basalts). Esta cobre uma área de aproximadamente 917,000 km2 e vem sendo estudada há mais de 100 anos por diversos autores em diferentes áreas de conhecimento abrangendo estudos multi-disciplinares de geoquímica, estratigrafia, petrografia, paleomagnetismo e geocronologia. No Grupo Serra Geral, diversas idades já foram publicadas por diferentes métodos isotópicos. Uma grande quantidade de dados geocronológicos já publicados (40Ar-39Ar, K-Ar, Rb-Sr, Re-Os e U-Pb) nos remete a modelos de um rápido extravasamento com altas taxas de efusão de lavas, todos com menos de 3 milhões de anos de duração. Em contrapartida, uma gama de análises 40Ar-39Ar demonstram um intervalo mais longo entre 137 e 127 Ma. Todo este registro de idades já possibilitou diferentes interpretações para a origem e formação desta província, bem como seu impacto associado às condições de vida na Terra. Novas idades U-Pb, obtidas pelo USP-SHRIMP-IIe, apresentadas nesta monografia, possibilitam a interpretação de um longo período de duração para o magmatismo formador do Grupo Serra Geral. Estas idades foram obtidas a partir de 61 cristais de zircão de três amostras geograficamente e estratigraficamente distintas e resultam em idades Concórdia de 134.5 ± 2.1, 131.4 ± 1.4 e 119.3 ± 0.95 Ma. O novo intervalo de tempo de 16 Ma de formação para o Grupo Serra Geral nos fornece a ideia de que os gases formadores do efeito estufa foram assimilados pela atmosfera ao longo deste período e aparentemente sem grandes danos a vida existente no início do Cretáceo. As grandes províncias ígneas conhecidas, como a Deccan, Karoo e do Columbia River, caracterizam-se por um intervalo bastante curto de tempo do magmatismo (< 3 Ma) de acordo com algumas idades 40Ar-39Ar, estas estão associadas a grandes extinções em massa que ocorreram devido, principalmente, a altas taxas de emissão de gases causadores de efeito estufa neste curto intervalo de tempo. A geoquímica de zircões de Grandes Províncias ígneas é um tema bastante novo na literatura, sendo que não existem trabalhos existentes na que abordem o tema. No entanto, nesta monografia serão apresentadas análises geoquímicas em 30 zircões de três amostras, pelo método LA-ICP-MS. Quando discriminados os elementos Si, Zr, Sr, Ba, La, Ce, Pr, Nd, Sm, Eu, Gd, Tb, Dy, Ho, Er, Tm, Yb, Lu, Hf, Nb, Ta, Th, U , Y em diagramas geotectônicos, percebemos que as três amostras analisadas ocupam o campo de ambiente continental.
Abstract The Paraná Volcanic Province, which incorporates the Serra Geral Group, comprises a large igneous province (LIP) of large accumulations of continental flood basalts (CFB). This covers an area of approximately 917,000 km2 and has been studied for over 100 years by several authors in different areas of knowledge encompassing multi-disciplinary studies of geochemistry, stratigraphy, petrography, geochronology and paleomagnetism. In Serra Geral Group, various ages have been published by different isotopic methods. A lot of geochronological data already published (40Ar-39Ar, K-Ar, Rb-Sr, Re-Os and U-Pb) brings us the models and rapid leakage with high lava effusion rates, all under 3 million-year. By contrast a range of 40Ar-39Ar analyzes show a longer interval between 137 and 127 Ma. This whole age record have allowed different interpretations of the origin and formation of this province as well as its impact associated with living conditions on Earth. New U-Pb ages obtained by USP-SHRIMP-IIe, presented in this monograph, enable interpretation of a long duration time for the magmatism of the Serra Geral Group was originated. These ages were obtained from 61 zircons of the three samples geographically and stratigraphically distinct. The Concordia-ages results are 134.5 ± 2.1, 131.4 ± 1.4 and 119.3 ± 0.95 Ma. The new time interval of 16 Ma formation for Serra Geral Group gives us the idea that the greenhouse gases were assimilated into the atmosphere over this period and seemingly without major damage to existing life in the early Cretaceous. The LIPs known such as Deccan Karoo and the Columbia River, are characterized by a rather short period of magmatic time (< 3 m) according to some 40Ar-39Ar ages. These are associated with large extinctions which occurred mainly due to high rates of gases emission, causing greenhouse-effect in this short time.The geochemistry of zircons from LIPs is a fairly new theme in the literature, and there have no published studies addressing this topic. However, this monograph will be presented geochemical analyzes of the 30 zircons from three samples by LA-ICP-MS method. When discriminated the elements Si, Zr, Sr, Ba, La, Ce, Pr, Nd, Sm, Eu, Gd, Tb, Dy, Ho, Er, Tm, Yb, Lu, Hf, Nb, Ta, Th, U, Y by tectonic diagrams, we realize that the three samples analyzed occupy the continental environment field.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132910
Arquivos Descrição Formato
000982920.pdf (3.353Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.