Repositório Digital

A- A A+

A interação universidade-empresa e o efeito sobre o desempenho inovador da firma : evidências para o Brasil

.

A interação universidade-empresa e o efeito sobre o desempenho inovador da firma : evidências para o Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A interação universidade-empresa e o efeito sobre o desempenho inovador da firma : evidências para o Brasil
Autor Spricigo, Gisele
Orientador Monteiro, Sergio Marley Modesto
Co-orientador Freguglia, Ricardo da Silva
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Empresa
Inovação
Teoria da firma
Universidade
[en] Impact evaluation
[en] Microdata from the survey of technological innovation (PINTEC)
[en] Propensity score matching
[en] University-industry interaction (UII)
Resumo O papel da inovação na promoção do crescimento econômico vem sendo estudado cada vez mais e já é reconhecido como um importante elemento para auxiliar no crescimento econômico dos países. Nesse contexto, há também o desenvolvimento do papel das instituições de ensino superior (IES) na promoção das inovações das empresas. As IES, por seu turno, são consideradas um repositório de conhecimento que podem contribuir com as empresas no processo de aprendizagem e de inovação por meio de relações de cooperação, colaboração ou interação. O presente trabalho propôs-se a resgatar os conceitos fundamentais envolvidos nessa temática – inovação, Sistema Nacional de Inovação (SNI), interação universidade-empresa (IUE) e estado da arte da inovação no Brasil – e ainda avaliar o impacto da relação existente entre IES e empresas. Em outros termos, propôs-se a analisar os impactos e efeitos da interação universidade-empresa (IUE) sobre os resultados de inovação e sobre o desempenho da firma, com foco na busca de evidências sobre o Brasil. Para analisar tais resultados em comparação às empresas que não adotam a IUE, será aplicado o método econométrico Propensity Score Matching (PSM), baseado em algoritmos de pareamento de indivíduos (no caso, empresas) pertencentes a grupos distintos, cujo objetivo é julgar os efeitos de determinado tratamento. O método foi aplicado aos microdados da Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os resultados dos PSM foram todos positivos, indicando que a IUE é benéfica. Todavia, apenas em parte o resultado foi significativo.
Abstract The role of innovation in promoting economic growth is being studied more frequently and is already recognized as an important element to assist the countries’economic growth. In this context, there is also the development of the Higher Education Institutions (HEIs) role in the promotion of companies’ innovation. The HEIs, in turn, are considered a repository of knowledge, which can contribute for companies in their process of learning and innovation through cooperative, collaborative or interactive relationships. This study seeks to rescue the main concepts involved – innovation, National Innovation System (NIS), University-Industry Interaction (UII) and the state of art innovation in Brazil – and to evaluate the impact of the relationships between HEIs and companies. In other words, it was proposed to analyze the impacts/effects of the university-industry interaction (UII) on the results of innovation and on the firm’s performance, focusing on the search of evidence about Brazil. In order to seize the effects of the UII on the results of innovation and on the firm's performance in comparison to the companies that do not have a UII, the econometric method was applied, Propensity Score Matching, based on matching algorithms of individuals (in the companies case) belonging to distinct groups, whose objective is to judge the effects of a particular treatment. The method was applied to the microdata from the Survey of Technological Innovation (PINTEC) of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). The results of the PSM were all positive, indicating that SUI is beneficial. However, only in part the result was significant.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/132923
Arquivos Descrição Formato
000977939.pdf (1.645Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.