Repositório Digital

A- A A+

A escrita e suas vozes no mundo : quando uma oficina de jornal tece vidas em um centro de atenção psicossocial!

.

A escrita e suas vozes no mundo : quando uma oficina de jornal tece vidas em um centro de atenção psicossocial!

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A escrita e suas vozes no mundo : quando uma oficina de jornal tece vidas em um centro de atenção psicossocial!
Autor Dallanora, Adriana Rossetto
Orientador Palombini, Analice de Lima
Data 2014
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Instituições em Análise.
Assunto Cartografia
Centro de atenção psicossocial (CAPS)
Escrita
Reforma psiquiátrica
[en] Power
[en] Therapy workshop
[en] To write/writing
Resumo Este trabalho tem o intuito de relatar a experiência de uma Oficina de Jornal, dentro de um Centro de Atenção Psicossocial I (CAPS-I) numa cidade do interior do estado do RS. Trata-se da Oficina Terapêutica de escrita do ComuniCAPS, jornal que conta as histórias deste espaço, as histórias de vida dos usuários e trabalhadores que ali habitam. Esta oficina se propõe à escrita e à contação de histórias de vidas, onde tomam a palavra aqueles que por muitos anos estiveram calados e trancados dentro de hospitais psiquiátricos. É a partir da reforma psiquiátrica, que propõe um cuidado em liberdade, que suas vozes ganham espaço para se manifestar e se fazerem escutadas. A cartografia irá guiar nossos passos, pois, como modo de pesquisar, possibilita que a experimentação aconteça como intervenção, favorecendo que a realidade de cada sujeito implicado no processo seja transformada pelos encontros e no próprio percurso da existência. Ao contar sobre a Oficina de Jornal, afirma-se o escrever como um ato de criação que exige daqueles que escrevem uma entrega à possibilidade de acessar afetos e bons encontros. Novos agenciamentos vão sendo produzidos à medida que se escreve e se constrói o jornal, novas conexões e afecções se tornam possíveis neste espaço que potencializa a existência.
Abstract This study intends to report the experience of a Journal Workshop, within a Psychosocial Care Center I (CAPS- I) in a city in the countryside of the state of Rio Grande do Sul. This is the workshop ComuniCAPS writing therapy, newspaper that tells the stories of this space and the life stories of users and workers who live there . This workshop aims to writing and storytelling and those who for many years were silent and locked into psychiatric hospitals will take the words. It is from the psychiatric reform, which proposes care in freedom, that their voices gain space to be manifested and make themselves heard. The mapping will guide our steps, because, as a way to research, enables experimentation to happen as an intervention, favoring the reality of each subject involved in the process which is transformed by encounters and in the course of existence. By telling about the Journal Workshop, the process of writing is considered as an act of creation that requires from those who write readiness to access affections and good encounters. New connections are being produced as the newspaper is being built and written. In addition, new conditions are possible in this space that maximizes the existence.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/132934
Arquivos Descrição Formato
000980149.pdf (1.051Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.