Repositório Digital

A- A A+

Efeitos agudos de diferentes treinos aeróbicos sobre o comportamento glicêmico e pressórico de indivíduos com diabetes tipo 2

.

Efeitos agudos de diferentes treinos aeróbicos sobre o comportamento glicêmico e pressórico de indivíduos com diabetes tipo 2

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos agudos de diferentes treinos aeróbicos sobre o comportamento glicêmico e pressórico de indivíduos com diabetes tipo 2
Autor Silva, Éder Sulei Santiago da
Orientador Kruel, Luiz Fernando Martins
Co-orientador Delevatti, Rodrigo Sudatti
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Diabetes mellitus
Exercício físico
Treinamento aerobico
Resumo Objetivo: Analisar e comparar os efeitos agudos de diferentes sessões aeróbicas sobre os níveis glicêmicos e pressóricos de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 (DMT2) e hipertensos. Materiais e Métodos: Quatorze alunos voluntários (63,58 ± 9,83 anos) com DMT2 realizaram duas sessões diferentes de exercício aeróbico dentro de um ensaio clínico cruzado e randomizado. Foram mensurados os níveis glicêmicos e pressóricos antes, imediatamente após e a cada cinco minutos durante os 30 que se sucederam ao término das sessões. Os dados foram descritos pelos valores de média e erro padrão. Para a comparação das variáveis nos diferentes momentos e sessões, foi utilizada a equação de estimativas generalizadas. Para todos os testes foi adotada a significância estatística de 0,05. Resultados: Em relação à glicemia, foi encontrada redução significativa do momento pré para o pós-exerício em ambas as sessões (p<0,001). Nos 30 minutos que se sucederam ao término do exercício, não houve alteração significativa em relação ao pós-treino (p>0,050). Em relação à pressão arterial sistólica (PAS), a sessão contínua apresentou redução significativa do pós-treino para as medidas realizadas. Já a sessão intervalada apresentou redução significativa aos 10 e 30 minutos pós sessão em relação ao valor mensurado imediatamente pós sessão, bem como aos 10, 25 e 30 minutos pós sessão comparado aos níveis pré exercício. No que se refere à pressão arterial diastólica (PAD), houve redução significativa apenas na sessão contínua quando comparado o valor imediatamente pós sessão com os valores mensurados em 20 e 30 minutos pós exercício. A sessão intervalada não apresentou alteração significativa nesta variável. Conclusão: Sujeitos com DMT2 podem realizar exercícios aeróbicos contínuos e intervalados que experimentarão efeitos positivos semelhantes sobre a glicemia. No entanto, caso sejam também hipertensos, melhor adotar o exercício intervalado, já que este apresentou melhores resultados que o contínuo.
Abstract Objective: To analyze and compare the acute effects of different aerobic sessions on blood glucose and blood pressure levels in individuals with type 2 diabetes mellitus (T2DM) and hypertension. Materials and Methods: Fourteen volunteer students (63.58 ± 9.83 years) with T2DM did two different sessions of aerobic exercise within a crossed and randomized clinical trial. Blood glucose and blood pressure levels were measured before, immediately after and every five minutes during the 30 minutes that followed the end of the sessions. Data were described by mean and standard error values. To compare the variables in different times and sessions, we used generalized estimating equation. For all tests the significance of 0.05 was adopted. Results: Regarding glucose, it was found significant reduction from pre to the post-exercise in both sessions (p <0.001). In the 30 minutes that followed the end of the exercise, there was no significant change in relation to the post-exercise (p> 0.050). In relation to systolic blood pressure (SBP), continuous session showed a significant reduction in post-workout for the measures carried out over the next 30 minutes. Interval session had a significant reduction in 10 and 30 post-session minutes of the value measured immediately after session, and at 10, 25 and 30 minutes post session compared to pre exercise levels. With regard to the diastolic blood pressure (DBP), a significant reduction only in continuous session when compared immediately after the session value with values measured at 20 and 30 minutes after exercising.The Interval session showed no significant change in this variable. Conclusion: Subjects with T2DM can perform continuous and interval aerobic training which they will experience similar positive effects on blood glucose. However, if they are also hypertensive, it is better to adopt interval training, since it presented better results than continuous exercise.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/132937
Arquivos Descrição Formato
000983893.pdf (712.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.