Repositório Digital

A- A A+

Em meio às atividades das Vigilâncias em Saúde do Trabalhador : cartografando saberes e fazeres para a construção de um dispositivo de promoção da saúde

.

Em meio às atividades das Vigilâncias em Saúde do Trabalhador : cartografando saberes e fazeres para a construção de um dispositivo de promoção da saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Em meio às atividades das Vigilâncias em Saúde do Trabalhador : cartografando saberes e fazeres para a construção de um dispositivo de promoção da saúde
Autor Portela, Valéria Lentz
Orientador Amador, Fernanda Spanier
Data 2014
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Instituições em Análise.
Assunto Análise institucional
Trabalho
Vigilância em saúde do trabalhador
[en] Clinic of the work
[en] Health surveillance
[en] Institutional analysis
[en] Work
[en] Worker’s health surveillance
Resumo Através da indagação acerca da atividade em vigilância busca-se analisar os modos instituintes de trabalhar na Vigilância em Saúde do Trabalhador, de modo que ela não se restrinja a uma prática punitivo-policial e se constitua num dispositivo de promoção de ambientes de trabalho mais saudáveis. Para tanto, considera-se as Clínicas do Trabalho e a Análise Institucional como importantes ferramentas teórico metodológicas para confrontar esse embate. A discussão enovela as dinâmicas e tensionamentos entre Sistema Único de Saúde, Vigilância em Saúde e Saúde do Trabalhador, no intuito de investigar a transversalidade entre os saberes e as práticas oriundas da nossa atividade enquanto trabalhadores da vigilância, bem como, nossa implicação institucional. Ou seja, questões que ressaltam a distância entre o fazer e o “desejar fazer” articulada ao campo das práticas da saúde. Considera-se que perpassa pela reinvenção das práticas por parte do trabalhador-vigilante, a entrada principal para disparar a potência do dispositivo de promoção da saúde.
Abstract Through inquiry about the activity surveillance seeks to analyze the instituting ways of working in the Occupational Health Surveillance, so it is not restricted to a punitive-police practice and that it constitutes a promotion of healthier work environments device .Therefore, it is considered the work of Clinic of the Work and the Institutional Analysis as important methodological theoretical tools to confront this struggle. The discussion considers the dynamics and tensions between Unified Health System, Health Surveillance and Worker’s Health Surveillance in order to investigate the intersections among the knowledges and practices derived from our activity as workers surveillance, as well as our institutional implication. That is, issues that highlight the distance between the do and the wish to articulate the field of health practices. It is considered that goes through the reinvention of practices by the employee vigilant the main entrance to trigger the power of health promotion device.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/132987
Arquivos Descrição Formato
000980323.pdf (599.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.