Repositório Digital

A- A A+

National Intelligence Systems as networks : Brazil, Russia, India, China, and South Africa

.

National Intelligence Systems as networks : Brazil, Russia, India, China, and South Africa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título National Intelligence Systems as networks : Brazil, Russia, India, China, and South Africa
Autor Möller, Gustavo
Orientador Cepik, Marco Aurelio Chaves
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais.
Assunto Economia
[en] Government
[en] Institutions
[en] National intelligence systems
[en] Network analysis
Resumo Nesse artigo, comparamos, por meio da Análise de Redes, a dimensão institucional dos Sistemas Nacionais de Inteligência. Com base em fontes ostensivas sobre as agências de inteligência, entrevistas com especialistas de cada país e revisão bibliográfica, foi possíel compilar uma base de dados capaz de mapear as relações (arestas) de comunicação e autoridade entre os três tipos de atores coletivos (vértices): organizações governamentais de supervisão e direção, organizações colegiadas de coordenação e agências de inteligência. Por enquanto, a base de dados é composta de informações no formato de matrizes e grafos de 34 países com centenas de dados. Como resultado, estão sendo consuzidos estudos de casos sobre os países, assim como análises comparativas com amostras pequenas. Os estudos comparados estão sendo orientados de acordo com um determiando conjunto de paises ou de variáveis de interesse (centralidade de grau, centralidade de intermediação, centralização de grau e centralização de intermediação). Neste exercício em particular, os resultados obtidos indicam a distribuição de poder e as vulnerabilidades organizacionais no nível de países, permitindo comparações dentro e entre os Sistemas Nacionai de Inteligências do Brasil, Rússia, India, China e África do Sul (BRICS).
Abstract In this article we compare institutional dimensions of National Intelligence Systems using Network Analysis. Based upon open data on intelligence agencies, interviews with country expert scholars, and bibliographical review, we were able to compile a database allowing the mapping of authority and communication links (edges) between three types of collective actors (nodes), namely intelligence agencies, coordinating bodies, and central government. So far, the database comprises matrix and graph information for thirty-four countries each with hundreds of data points. As a result, case studies on specific countries, as well as small n comparative analyses are being conducted. Comparative studies are driven either by interest in clusters of countries or in variables of interest (degree centrality, betweenness centrality, degree centralization, and betweenness centralization). In this particular exercise, results obtained indicate power distributions and organizational vulnerabilities at country level, allowing for comparisons between and among the national intelligence systems of Brazil, Russia, India, China, and South Africa (BRICS).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132988
Arquivos Descrição Formato
000982925.pdf (731.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.