Repositório Digital

A- A A+

Nível de ativação eletromiográfica de membros inferiores em diferentes exercícios de força para mulheres treinadas

.

Nível de ativação eletromiográfica de membros inferiores em diferentes exercícios de força para mulheres treinadas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Nível de ativação eletromiográfica de membros inferiores em diferentes exercícios de força para mulheres treinadas
Autor Vargas, Jonathas Stoll de
Orientador Pinto, Ronei Silveira
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Eletromiografia
Mulheres
Treinamento de força
Resumo A seleção dos exercícios é uma importante variável aguda para a correta prescrição de um treinamento de força, contudo muitas vezes as escolhas e a repercussão que determinado exercício produz no nível de ativação dos membros inferiores são baseadas em conhecimentos empíricos. Com isso o objetivo do presente estudo é o de classificar por nível de ativação muscular os exercícios para membros inferiores Agachamento paralelo, Agachamento com os pés à frente, Leg press 45º, Cadeira extensora, Mesa flexora e Stiff, para cada um dos músculo reto femoral, vasto lateral, vasto medial, bíceps femoral e glúteo máximo. Métodos: 17 mulheres treinadas foram submetidas por eletromiografia de superfície a aleatórios exercícios de força a fim de classifica-los em cada um dos musculo analisados pela média de 12RM normalizadas pela CIVM. Resultados: Na ativação dos músculos do quadriceps femoral, os exercícios de Agachamentos, Leg press 45º e Cadeira extensora não apresentaram diferença significativas entre si, sendo somente superiores ao Stiff e a Mesa flexora. No biceps femoral, a Mesa flexora produziu, significativamente, a maior ativação entre todos os exercicios analisados, seguidos do Stiff que foi significativamente superior aos agachamentos, sendo o paralelo, superior ao Leg press 45º e a Cadeira extensora. No gluteo máximo a maior ativação foi encontrada no Stiff, seguido do Agachamento paralelo, Agachamento pés à frente, Leg press 45º, Mesa flexora e a Cadeira extensora, sendo o Stiff superior a todos os exercícios com exceção do Agachamento paralelo, que foi significativamente superior ao Leg press 45º, Mesa flexora e Cadeira extensora. Conclusão: Em mulheres treinadas, tanto exercícios multiarticulares quanto o monoarticular cadeira extensora parecerem desenvolver de forma igual os músculos do quadriceps femoral, o que não ocorrem nos músculos isquiotibiais no qual os exercícios monoarticulares Mesa flexora e Stiff foram os responsáveis pelos maiores níveis de ativação. Já para os glúteos, dos exercícios analisados, tantos o Agachamento paralelo quanto o Stiff parecem ser ótimos ativadores dessa região. Portanto, os níveis de ativação que cada exercício produz nos músculos são informações importantíssimas para auxiliar o profissional de Educação Física no correto planejamento de um treinamento de força.
Abstract The selection of exercises is an important variable acute for the correct prescription of strength training, but often the choices and the impact that particular exercise produces in the lower limbs activation level are based on empirical knowledge. Thus the aim of this study is to sort by level of muscle activation exercises for lower limbs Parallel squat, Squat with your feet forward, Leg press 45º, Leg extension, Prone leg curl and Stiff leg deadlift, for each muscle Rectus femoris, Vastus lateralis, Vastus medialis, Biceps femoris and Gluteus maximus. Methods: 17 women trained were submitted by surface electromyography to random strength exercises in order to classify them in each of the muscle analyzed by averaging 12RM normalized by the CIVM. Results: In the activation of the quadriceps femoris muscles, exercises Squats, Leg press 45º and Leg extension no significant difference between them, being only superior to the Stiff leg deadlift and Prone leg curl. The Biceps femoris, the Prone leg curl produced significantly greater activation of the all analyzed exercises, followed by the Stiff leg deadlift that was significantly higher than the Squats, being Parallel higher than the Leg press 45º and Leg extension. In Gluteus most of the increased activation was found in the Stiff leg deadlift, followed by Parallel squat, Squat with your feet forward, Leg press 45º, Prone leg curl and Leg extension, and the Stiff leg deadlift greater than all exercises except the Parallel squat, which was significantly higher than the Leg press 45º, Prone leg curl and Leg extension. Conclusion: In trained women, both multi-joint exercises as the single-joint leg extension seem to develop equally the femoral quadriceps muscle, which does not occur in the hamstring muscles in which the single-joint exercises Prone leg curl and Stiff leg deadlift were responsible for the highest levels of activation. As for the Gluteus, the analyzed years, so many Parallel squat as Stiff leg deadlift seem to be great enablers of this region. Therefore, activation levels that each year produces muscles are very important information to assist the professional of Physical Education in the correct planning a strength training.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133052
Arquivos Descrição Formato
000983896.pdf (2.602Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.