Repositório Digital

A- A A+

Estudo sobre a correlação entre vigorexia e overtraining em praticantes de musculação

.

Estudo sobre a correlação entre vigorexia e overtraining em praticantes de musculação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo sobre a correlação entre vigorexia e overtraining em praticantes de musculação
Autor Baum, Indiana Bernard
Orientador Gaya, Adroaldo Cezar Araujo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Exercício físico
Treinamento
[en] Body dysmorphic disorder
[en] Overtraining
[en] Vigorexia
Resumo A imagem corporal é supervalorizada pela sociedade, se sobressai ao caráter e aos valores; assim muitas pessoas vivem em prol de construir o corpo ideal e acabam por desenvolver transtornos de imagem. A vigorexia é um tipo de transtorno dismórfico corporal (TDC), no qual o indivíduo tem a percepção da própria imagem corporal alterada e, dessa forma, busca incessantemente o ganho de massa muscular. O overtraining, por sua vez, está relacionado ao excesso de treinamento e ocorre quando o exercício é intenso ou extenso demais e o descanso é inadequado entre uma sessão e outra ou devido dieta pobre em nutrientes que auxiliariam na recuperação muscular ou outros aspectos da rotina diária. Este é um trabalho de cunho quantitativo que tem por objetivo analisar a correlação entre vigorexia e overtraining e se essa correlação torna-se mais forte em homens ou mulheres e seu comportamento de acordo com a faixa etária. Participam do estudo 50 sujeitos, 35 homens com idade entre 16 e 53 anos e 15 mulheres com idade entre 16 e 48 anos que fazem musculação há, pelo menos, doze meses com frequência mínima semanal de treinos de duas vezes na semana, na Academia High Fitness em Eldorado do Sul. O estudo se valeu de três questionários: a) Dados Complementares; b) Complexo de Adônis e c) Sintomas Clínicos do Overtraining. Os questionários foram preenchidos pelos próprios voluntários do estudo, na sala de musculação, logo após os esclarecimentos sobre o trabalho e a assinatura do termo de consentimento. Com os questionários preenchidos foi constituído o banco de dados e as variáveis foram analisadas no programa SPSS versão 20. Conclui, então, que há correlação significativa entre as respostas dos questionários do Complexo de Adônis e de Sintomas Clínicos do Overtraining, sugerindo que características mais acentuadas de vigorexia se associam significativamente às características de excesso de treinamento. Constata que essa correlação ocorre entre homens e mulheres, sendo mais significativa para homens. Sugere que as mulheres demonstram maior tendência ao desenvolvimento isolado tanto da vigorexia quanto do overtraining, quando comparadas aos homens. A vigorexia demonstra correlação unicamente com a duração da sessão do treino em minutos, não demonstrando correlação com o tempo de treino em meses, frequência semanal e intensidade do treino. O principal objetivo da prática da musculação tanto para homens quanto para mulheres demonstra ser o ganho de massa muscular. Para as mulheres o objetivo saúde se encontra na última posição, empatado com o desempenho esportivo. Já para os homens a busca pela saúde vem logo após o ganho de massa muscular. Portanto, as mulheres demonstram maiores chances de acometimento tanto pela vigorexia quanto pelo overtraining e demonstram maior negligência com a saúde em favor da estética.
Abstract Body image is overvalued by society, stands the character and values; so many people live for the sake of building the perfect body and end up developing image disorders. The vigorexia is a type of body dysmorphic disorder (BDD), in which the individual has a sense of itself altered body image and thus constantly seeking gains in muscle mass. Overtraining, in turn, is related to overtraining and occurs when exercise is too intense or extensive and the rest is inappropriate from session to session or because poor diet that would help in muscle recovery and other aspects of daily routine . This is a quantitative nature of work that aims to analyze the correlation between vigorexia and overtraining and this correlation becomes stronger in men or women and their behavior according to age group. Participate in the study 50 subjects, 35 men aged between 16 and 53 years and 15 women aged between 16 and 48 years who do weight training for at least twelve months with weekly frequency of at least twice workouts a week, the High Academy Fitness in Eldorado do Sul. The study made use of three questionnaires: a) Supplementary Data; b) Complex Adonis c) Clinical Symptoms of Overtraining. The questionnaires were filled out by study volunteers themselves, in the weight room, following the clarification of work and signing the consent form. With the completed questionnaires was set up the database and the variables were analyzed with SPSS version 20. The Commission therefore concludes that there is significant correlation between the responses of Adonis Complex questionnaires and Clinical Symptoms of Overtraining, suggesting more pronounced features of vigorexia are associated significantly to over-training characteristics. Notes that this correlation occurs between men and women, being more significant for men. It suggests that women show a greater tendency to isolated development of both vigorexia as overtraining, when compared to men. The vigorexia shows only correlation with the training session duration in minutes, showing no correlation with the training time in months, weekly frequency and intensity of the workout. The main purpose of the practice of weight training for both men and women proves to be the gain of muscle mass. For women health objective is in last place, tied with sports performance. As for men to search for health comes shortly after the gain of muscle mass. Therefore, women show greater chances of involvement by both vigorexia as by overtraining and demonstrate greater neglect of health and aesthetic appeal.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133070
Arquivos Descrição Formato
000983960.pdf (652.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.