Repositório Digital

A- A A+

O apoio matricial em saúde mental na Estratégia da Saúde da Família : concepção da equipe de apoiadores

.

O apoio matricial em saúde mental na Estratégia da Saúde da Família : concepção da equipe de apoiadores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O apoio matricial em saúde mental na Estratégia da Saúde da Família : concepção da equipe de apoiadores
Outro título Matrix support in mental health in Family Health Strategy : staff supporters’ conceptions
Outro título Apoyo matrix en la salud mental en la Estrategia Salud de la Familia : concepciones partidarios del personal
Autor Antunes, Beatriz
Orientador Olschowsky, Agnes
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Estratégia saúde da família
Saúde mental
Serviços de saúde
[en] Family health strategy
[en] Health services
[en] Mental health
[es] Estrategia de salud familiar
[es] Salud mental
[es] Servicios de salud
Resumo A Reforma Psiquiátrica apontou novos instrumentos de atenção à saúde mental; dentre eles, o apoio matricial, o qual oferece retaguarda especializada à Estratégia da Saúde da Família, consolidando o cuidado em saúde mental no território. A pesquisa tem como objetivo conhecer a concepção dos apoiadores de matriciamento quanto ao apoio matricial oferecido às equipes de Estratégia da Saúde da Família. Estudo qualitativo descritivo, exploratório, tipo estudo de caso. Foram informantes seis profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família que realizam apoio matricial em uma gerência distrital do município de Porto Alegre/RS. A coleta de dados deu-se por meio de entrevista semiestruturada. Para análise de dados foi utilizada análise de conteúdo de Bardin, no qual quatro eixos temáticos emergiram: conhecimento a respeito do apoio matricial; ações de apoiador matricial em saúde mental; facilidades para o trabalho do apoiador matricial; dificuldades no processo de trabalho de apoio matricial. A equipe de apoiadores realiza ações do apoio matricial em saúde mental no território dentro de uma perspectiva interdisciplinar, buscando uma prática em saúde mental integral e singular. O estigma, a grande demanda, exigência de especialidades, fragilidade da rede, ausência de formação para o trabalho como apoiador matricial foram algumas dificuldades apontadas. A equipe pontuou como facilidades para o trabalho o vínculo com as unidades, a valorização e o reconhecimento das equipes de saúde da família e da gerência distrital, o trabalho interdisciplinar entre os apoiadores, a relação horizontal entre os profissionais do apoio matricial e das equipes de ESF, o conhecimento do fluxo e da rede de atenção de profissionais. Este estudo permitiu reconhecer que o apoio matricial é um tipo de trabalho que qualifica as ações da saúde da família no território, consolidando a Reforma Psiquiátrica.
Abstract The Psychiatric reform evidenced new devices in mental health care; among them, matrix support is a tool which aims at working in conjunction with Family Health Strategy, consolidating care in the territory. The objectives of this study were the following: (1) getting to know actions of matrix support in mental health in Family Health Strategy; (2) identifying the potentialities in matrix support in mental health in conjunction with Family Health Strategy teams; and (3) identifying the challenges of matrix support in conjunction with Family Health Strategy teams. Descriptive qualitative exploratory study, case study. Six professionals from the support nucleus of the Family Health Program, which work with matrix support in a district management in the town of Porto Alegre/RS, were our informants. For data analysis was used Bardin content analysis. During data analysis, four theme axes emerged: knowledge about matrix support; actions of the matrix support helper in mental health; easiness for the matrix support helper’s work; difficulties in the process of matrix support work. The team of helpers works in matrix support in mental health in the territory within an interdisciplinary perspective, seeking an integrative and singular practice in mental health. Apart from the difficulties which were met – a need for specialization in mental health, the stereotype attached to mental health, a great demand in mental health, lack of structure to make matrix support happen, the frailty of the attention network, the constant change of health professionals, lack of training to work as a matrix support helper – the team points out as being positive, the link between the units; valuing and recognizing the Family Health team and the district management, the interdisciplinary work among the helpers; the horizontal relationship between the matrix support teams and Family Health Strategy teams, knowing the flux and network of attention professionals.This study enabled the recognition of matrix support as a kind of work which qualifies the actions in family health in the territory, thus consolidating the psychiatric reform.
Resumen La Reforma Psiquiátrica nombrado instrumentos nueva atención a la salud mental; entre ellos, el apoyo de la matriz, que ofrece especializada de nuevo a la Estrategia Salud de la Familia mediante la consolidación de la atención de salud mental en el territorio. La investigación tiene como objetivo evaluar el diseño de los partidarios matriciales como el soporte de la matriz se ofreció a los equipos de la Estrategia Salud de la Familia. Estudio cualitativo descriptivo, exploratorio de tipo estudio de caso. Los informantes fueron de seis Unidad de Apoyo a la Salud de la familia profesional que realizan soporte de la matriz en una gestión del distrito de la ciudad de Porto Alegre / RS. La recolección de datos se llevó a cabo a través de entrevista semi-estructurada. Para el análisis de los datos se utilizó el análisis de contenido de Bardin, en la que cuatro temas surgieron: el conocimiento del soporte de la matriz; Matrix partidario de las acciones en materia de salud mental; instalaciones para el trabajo de aficionados matriz; dificultades en el proceso de trabajo de apoyo de matriz. El equipo de partidarios realiza acciones de apoyo a la matriz en la salud mental en el territorio dentro de una perspectiva interdisciplinaria, la búsqueda de una plena salud mental y singular práctica. El estigma, la gran demanda, la demanda de especialidades, la debilidad de la red, la falta de capacitación para el trabajo como partidario de la matriz fueron algunas dificultades señaladas. El equipo anotó como facilidades para trabajar el vínculo con las unidades, el aprecio y el reconocimiento de los equipos de salud de la familia y el distrito de la gestión, el trabajo interdisciplinario entre los partidarios, la relación horizontal entre profesionales del soporte de la matriz y los equipos de FSE, el flujo de conocimiento y la red de atención profesional. Este estudio permitió reconocer que el soporte de la matriz es un tipo de trabajo que califica las acciones de salud de la familia en el territorio, la consolidación de la reforma psiquiátrica.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/133122
Arquivos Descrição Formato
000985417.pdf (1.943Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.