Repositório Digital

A- A A+

Análise histológica do efeito do ácido zoledrônico na articulação temporomandibular : estudo experimental em ratos

.

Análise histológica do efeito do ácido zoledrônico na articulação temporomandibular : estudo experimental em ratos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise histológica do efeito do ácido zoledrônico na articulação temporomandibular : estudo experimental em ratos
Autor Munaretto, Jessica Cerioli
Orientador Ponzoni, Deise
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Articulacao temporomandibular
Difosfonatos
Resumo O ácido zoledrônico é um dos mais potentes inibidores da atividade osteclástica disponível no mercado e amplamente prescrito pela equipe médica. A compreensão dos efeitos adversos dos medicamentos é essencial para a escolha da indicação do fármaco, inclusive para esclarecimento ao paciente dos riscos implicados, e para a prevenção destes efeitos. Contudo, uma associação causal entre o fármaco e seu efeito adverso poderá ser observada muitos anos após sua liberação. A literatura revisada apresenta um escasso número de publicações sobre o efeito do ácido zoledrônico sobre a articulação temporomandibular. Desta forma, esta pesquisa busca investigar este possível efeito avaliando diferentes estruturas da articulação temporomandibular de ratos. O presente trabalho compreende dois artigos científicos. O primeiro teve como objetivo realizar uma revisão de literatura sobre o ácido zoledrônico com o objetivo de informar o cirurgião-dentista sobre as principais características do fármaco, indicações, contra indicações, efeitos adversos e biomarcadores. O segundo artigo descreve o experimento da avaliação do efeito deste medicamento na articulação temporomandibular de ratos. A metodologia empregada nessa pesquisa permite concluir que o ácido zoledrônico exerce efeito sobre as articulações temporomandibulares de ratos, resultando em aumento das camadas de maturação e hipertrófica, não alterando o número de condrócitos e diminuindo a quantidade de colágeno do tipo I.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/133132
Arquivos Descrição Formato
000984415.pdf (4.053Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.