Repositório Digital

A- A A+

Diálogos impressos : periódicos de artistas do Brasil, anos 1970, entre casos, agentes e cenários

.

Diálogos impressos : periódicos de artistas do Brasil, anos 1970, entre casos, agentes e cenários

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diálogos impressos : periódicos de artistas do Brasil, anos 1970, entre casos, agentes e cenários
Autor Fabres, Paola Mayer
Orientador Silveira, Paulo Antonio de Menezes Pereira da
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Brasil
Nervo óptico (Periódico)
Periódicos : Década de 1970
Producao artistica
Publicações
Punho (Periódico)
[en] 70’s
[en] Artist’s periodical
[en] Publication
Resumo A presente pesquisa tem como intuito estabelecer um olhar sobre a produção de periódicos alternativos no campo das artes, que passaram a servir como suporte e como meio para muitos artistas veicularem suas poéticas e seus discursos a partir dos anos 1960 e 70. Associados ao estouro da comunicação, à busca por liberdades estéticas e às reivindicações sociopolíticas, o formato editorial em série propagou-se em contexto nacional e internacional, possibilitando trocas e diálogos entre distintas regiões. A atual pesquisa procurou dar destaque à produção brasileira dos anos 1970, tendo como objeto de análise os cartazetes periódicos Nervo Óptico, de Porto Alegre, criados por um grupo de artistas da cidade, entre eles, Vera Chaves Barcellos, e a revista Punho, de Recife, também produção coletiva de artistas e escritores, da qual Paulo Bruscky era o principal idealizador. Pretende-se com esse estudo, além de alcançar um melhor entendimento específico acerca dessas poéticas e suas conexões e abrir caminho para a compreensão de alguns fenômenos similares, perceber a importância do impresso como espaço de expressão e como prática participativa da edificação do pensamento contemporâneo.
Abstract This research is meant to provide a glimpse into the alternative periodicals production in the art field, which served as support and as media for many artists to transmit their poetry and speeches from the 1960s and 70s. Related to burst communication, the search for aesthetic liberties and socio-political demands, the editorial format in series spreads in national and international context, making possible exchanges and dialogues between different regions. The current research sought to highlight the Brazilian production of the 1970s, with the object of analysis Periodicals cartazetes Optic Nerve, of Porto Alegre, created by a group of city artists, among them Vera Chaves Barcellos, and handle magazine from Recife also collective production of artists and writers, that Paul Bruscky was the main proponent. The aim of this study, in addition to achieve a better understanding of these specific poetic and their connections, realize the importance of printed as a space for expression and as participatory practice of building of contemporary thought.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/133197
Arquivos Descrição Formato
000985966.pdf (13.37Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.