Repositório Digital

A- A A+

Práticas corporais nos estágios de educação física da UFRGS

.

Práticas corporais nos estágios de educação física da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Práticas corporais nos estágios de educação física da UFRGS
Autor Kich, Fábio
Orientador Goncalves, Clezio Jose dos Santos
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Educação física e treinamento
Práticas corporais
Resumo A Educação Física escolar passa por transformação em seus métodos, concepções e enfoques adotados. Alguns autores defendem uma pedagogia com enfoques flexíveis e abordagem lúdica. Outras abordagens optam pelo enfoque tecnicista. O presente trabalho tem como objetivo analisar um conjunto de planos de aula de graduandos de educação física licenciatura, da UFRGS, em estágio do ensino fundamental, do 3º ao 8º ano, nas instituições de ensino disponibilizadas. A partir dos dados coletados, identificar, através do registro das práticas corporais nos respectivos planos, qual o enfoque aplicado por este grupo, em sua ação docente. Para tanto, se optou pela seguinte categorização: tecnicista, lúdico ou misto. A amostra contou com 181 planos de aula (PA) e 515 práticas corporais (PC), neles inseridas. A análise dos dados indica que 15% das práticas corporais, são realizadas na Parte Inicial (PI); 72%, feitas na Parte Principal (PP); e 13%, na Parte Final (PF). Na PI, 72% das PC apresentadas, teve enfoque lúdico, ficando o tecnicista com 18% e o misto com 10%. Na PP, lúdico 47%, o tecnicista recebeu 33% e o misto 20%. Enfim, na PF, o lúdico obteve 80% das PC, ficando para o tecnicista e o misto, 9% e 11%, respectivamente. Considerando os resultados da análise obtidos neste grupo, o enfoque lúdico recebeu destaque com 56%, ou 286 práticas corporais, de 515. Se, contabilizarmos mais os 17%, ou 89 PC do misto, os graduandos que aplicam em suas PC um enfoque com ludicidade, atingem a significativa marca de 73%, ou 375 de 515 práticas corporais, aproximadamente ¾, restando 27% das práticas corporais exclusivamente com enfoque tecnicista. Diante de embasamento no referencial e dos resultados das amostras obtidos neste grupo investigado, indica-se que, o tema lúdico mostrou-se consideravelmente utilizado pelos graduandos da UFRGS, em seus estágios.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133497
Arquivos Descrição Formato
000984068.pdf (469.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.