Repositório Digital

A- A A+

Relação intergeracional entre idosos e crianças : jogos tradicionais como mediador

.

Relação intergeracional entre idosos e crianças : jogos tradicionais como mediador

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relação intergeracional entre idosos e crianças : jogos tradicionais como mediador
Autor Martini, Maely
Orientador Gonçalves, Andréa Krüger
Co-orientador Blessmann, Eliane Jost
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Crianças
Idosos
Jogos e brinquedos
Resumo Nas últimas décadas, a população brasileira apresentou um aumento significativo da proporção de idosos. O aumento da expectativa de vida pode significar a possibilidade de um sentido novo à velhice, onde há maior convivência de diversas gerações, resultando em uma ampliação intergeracional. Em decorrência disso, a condição de avô/avó está assumindo uma importância crescente na sociedade atual. Os jogos tradicionais são um ponto em comum entre as gerações e evocam no idoso, lembranças de sua infância, e, na criança, o interesse e a criatividade que podem ficar adormecidos em meio às tecnologias e comodidades atuais. Reconhecendo que os mais velhos carregam conhecimentos que podem ser valiosos e transmitidos através de gerações, os jogos tradicionais poderão oportunizar que o idoso transmita essa experiência de vida. O saber a ser transmitido seria quanto as diferentes formas de brincar em diferentes épocas, onde os idosos pudessem ser agentes de uma ação educativa de preservação e transmissão da memória cultural. O objetivo desse estudo foi investigar os jogos tradicionais como possibilidade de convívio intergeracional, atuando como mediador entre crianças e pessoas idosas. O estudo se caracteriza como exploratório com abordagem qualitativa. Os sujeitos da pesquisa foram 5 idosos participantes do projeto de extensão CELARI (UFRGS) e 14 crianças do 2º ano do ensino fundamental de uma escola pública de Porto Alegre. Os instrumentos utilizados foram entrevista e grupo focal com os avós e somente grupo focal com os alunos da escola, e teve como objetivos específicos analisar se os sujeitos da pesquisa convivem com diferentes gerações e identificar se o brincar é presente nesse convívio. Foram realizadas entrevistas com questões abertas de acordo com um roteiro para crianças e outro para idosos. Os roteiros das entrevistas foram organizados a partir dos objetivos específicos, para estabelecimento de dimensões e indicadores. Para a análise dos resultados utilizou-se a análise de conteúdo com estabelecimento de categorias temáticas. Os resultados indicaram três categorias, sendo elas: Netos e convívio familiar, Brincadeiras e jogos tradicionais, Transmissão: memória e valorização de experiências. Os resultados encontrados foram de que há um convívio intergeracional tanto para crianças quando para os idosos, sendo ele com seus avós e netos, respectivamente. As formas de brincar são as mais diversas, seja por jogos, brincadeiras e até com brinquedos tecnológicos. Durante a intervenção, os jogos tradicionais foi o mediador entre as duas gerações e foi verificada a transmissão e valorização da cultura e experiência dos idosos. Dessa forma, a interação entre idosos e crianças valoriza a memória e a experiência dos mais velhos, resgatando assim o conhecimento adquirido ao longo dos anos. Os jogos tradicionais revelaram-se como uma possibilidade de ponte entre as duas gerações e possibilita essa relação intergeracional entre idosos e crianças. Essa experiência permite a valorização da memória e valores dos idosos, como indivíduos ativos e transmissores de conhecimento.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133502
Arquivos Descrição Formato
000983777.pdf (427.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.