Repositório Digital

A- A A+

Padrões de atividades físicas e comportamentos sedentários de escolares da rede municpal de Porto Alegre

.

Padrões de atividades físicas e comportamentos sedentários de escolares da rede municpal de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Padrões de atividades físicas e comportamentos sedentários de escolares da rede municpal de Porto Alegre
Autor Roncatto, Priscilla
Orientador Gaya, Anelise Reis
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Adolescentes
Atividade física
Sedentarios
[en] Adolescent
[en] Child
[en] Physical activity
[en] School health
[en] Sedentary activity
Resumo É de conhecimento que a prática de atividade física é presente na rotina da população jovem. Ainda assim esses níveis de atividade física não se encontram próximos dos recomendados para esta faixa etária, principalmente durante a passagem da infância para a adolescência, visto que estão adotando um estilo de vida passivo, diminuindo a prática de atividade física e aumentado os hábitos sedentários como assistir televisão e jogar jogos eletrônicos. Tais comportamentos se não forem modificados durante este período podem vir a perpetuar-se na vida adulta, acarretando riscos à saúde, provenientes da inatividade física e do sedentarismo. A partir disso, o objetivo do estudo é descrever os níveis de atividade física e atividade sedentária de meninos e meninas de 6 a 12 anos de idade, estudantes do primeiro ao quarto ano do ensino fundamental da rede municipal de Porto Alegre. Foram sorteadas aleatoriamente 12 escolas e três turmas de cada, com média de 22 alunos por turma somando 36 turmas com total de 571 escolares participantes. Para a coleta das informações necessárias para o estudo, foi utilizado o questionário PAQ-C, que foi aplicado aos pais ou responsáveis, contendo perguntas relacionadas ao nível de atividade física e atividade sedentária dos estudantes. A análise descritiva dos dados apontou para uma ocorrência de apenas 2,1% de escolares a qual os pais relataram serem ativos. Não obstante, as atividades são na sua maioria de baixa intensidade 41,8% para meninos e 42,9% para meninas quando comparada com as atividades moderadas 38,3% e 41,6%, alta intensidade 19,9% e 15,5% e apenas 4,9% realizam atividade física frequentemente 4,2% dos meninos e 5,5% das meninas. Tais achados tornam-se preocupantes quando nos mostra que tanto meninas quanto meninos estão cada dia mais deixando a vida ativa de lado e adotando hábitos sedentários.
Abstract In spite of the fact that young people are practicing more physical activities than they used to do in some decades ago, these levels of physical activities are not adequate for this age, mainly during the passage the childhood to teenage, since they usually adopt a passive style of life decreasing physical activities and increasing sedentary habits like watch television and play electronic games. If there aren’t changes in their behaves during this period of life, there will be chance that these habits continue in the adult life, and it could provide serious risks for health from physical inactivity. Thus, the aim of this study is to describe physical and sedentary activities levels of girls and boys to six until twelve years old, students from first to fourth year to elementary school from municipal net in Porto Alegre. It was randomly choose 12 schools and three classes of each. With 22 students for class adding 36 classes the sum is 571 students attendees. For collecting information it was necessary to the study the date. It was utilized the PAQ-C`s questionnaire that was applicated with the parents or responsibles, including questions related with the physical and sedentary activity levels of students. The descriptive analysis of the data pointed to an occurrence of only 2.1 % of school to which parents reported being active. Nevertheless, the activities are mostly low-intensity 41.8% for boys and 42.9% for girls compared with moderate activities 38.3% and 41.6 %, high intensity 19.9% and 15.5 % and only 4.9 % performed physical activity often 4.2% of boys and 5.5% of girls. These findings become worrying when we show that both girls and boys are every day more leaving active life aside and adopting sedentary habits.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133508
Arquivos Descrição Formato
000984131.pdf (1.072Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.