Repositório Digital

A- A A+

Avaliação versus correção : atribuindo um novo olhar às práticas avaliativas

.

Avaliação versus correção : atribuindo um novo olhar às práticas avaliativas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação versus correção : atribuindo um novo olhar às práticas avaliativas
Autor Santos, Gabrielly Estrázulas dos
Orientador Hickmann, Roseli Inês
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Aprendizagem
Avaliação
Prática de ensino
Resumo Este trabalho de conclusão de curso, situado no campo da educação, buscou investigar de que forma os diferentes modos de realizar uma avaliação podem influenciar o processo de aprendizagem dos alunos, e se traduziu na seguinte indagação: Como os diferentes modos de avaliar podem influenciar o processo de aprendizagem dos alunos a partir dos olhares discentes e docentes? Esse estudo teve como objetivos centrais compreender os conceitos de avaliação formativa e avaliação mediadora, buscando compreender se elas influenciam no percurso dos aprendizados dos/as alunos/as. Procurou também explicitar as diferenças entre a avaliação de trabalhos e a correção de trabalhos, dessa forma esclarecendo quais as contribuições de ambos para os/as alunos/as. As indagações acerca desse estudo surgiram a partir das práticas avaliativas que implementei durante o meu estágio curricular com uma turma de 4° ano do Ensino Fundamental em uma escola pública de Porto Alegre. Essa pesquisa foi organizada a partir de uma pesquisa qualitativa tendo como foco um estudo de caso, pois buscou investigar uma situação singular com determinados sujeitos, de um contexto específico. Para a realização desse trabalho foram coletados dados a partir de dois questionários. Esses questionários foram endereçados a 19 crianças que cursam o 4°ano e a quatro professoras da escola já referida anteriormente. As análises acerca desse estudo possuem dois eixos, sendo eles: Quais os significados e os sentidos que os/as alunos/as atribuem ao conceito de aprender e descobrir se os/as alunos/as aprendem com as práticas avaliativas. Se sim de que forma? Para subsidiar e sustentar este estudo investigativo recorri a alguns referenciais teóricos, tais como: Jussara Hoffmann, Dale Armstrong, Olenir Maria Mendes, Lívia Suassuna, Denise Pellegrini, que tratam sobre indagações acerca de avaliação formativa e avaliação mediadora. Maria Bernadette Castro Rodrigues, Claudia de Oliveira, Luis Carlos Freitas, e Janssen Felipe da Silva, problematizam alguns instrumentos de avaliação e práticas avaliativas. Também recorri aos estudos de Bernard Charlot, ao fazer reflexões sobre as relações o saber e o aprender. As análises realizadas nesse estudo apontaram que sob o olhar docente, a avaliação interfere diretamente no processo de aprendizagem dos/as alunos, enquanto que para estes a avaliação é importante apenas para eles descobrirem seus acertos e seus erros. Também apontou que os significados e os sentidos que esses alunos atribuem ao conceito de aprender estão relacionados com o saber e com práticas relacionadas ao estudo e às leituras que são realizadas dentro da instituição escolar.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133614
Arquivos Descrição Formato
000984990.pdf (531.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.