Repositório Digital

A- A A+

Uso de suplementos minerais proteicos e proteico energéticos na bovinocultura de corte a pasto

.

Uso de suplementos minerais proteicos e proteico energéticos na bovinocultura de corte a pasto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso de suplementos minerais proteicos e proteico energéticos na bovinocultura de corte a pasto
Autor Marchioretto, Matheus
Orientador Trevizan, Luciano
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Nutricao animal : Ruminantes
Producao animal : Bovinos de corte
Suplemento mineral
[en] Livestock
[en] Ruminant nutrition
[en] Slaughter
Resumo Este trabalho apresenta uma análise sobre a produtividade e os principais entraves do uso de suplementos minerais proteicos e proteico energéticos para bovinos de corte criados a pasto. O ganho em produtividade pode ser obtido pela suplementação estratégica levando em consideração a qualidade da forragem e o suplemento oferecido aos animais com vistas na maior lucratividade do sistema produtivo. O trabalho mostra como a pecuária de corte pode tornar-se mais competitiva frente a outras atividades, como a agricultura, que vêm ocupando o espaço em áreas antes exclusivas da criação de bovinos. Alguns fatores de precaução e parâmetros deverão ser seguidos quando a suplementação mineral proteica ou proteica energética é utilizada. Nesta situação de suplementação, diferentemente dos sistemas de semi-confinamento, não há intenção de substituir o consumo de pasto pelo suplemento ofertado, mas sim incrementar o consumo de pasto através do aumento da digestibilidade da ingesta. Sabendo que a oferta de forragem é o ponto de partida para obtermos uma resposta adequada nos sistemas pastoris, a suplementação estratégica visa aportar nutrientes complementares que melhorem as funções ruminais e hepáticas dos bovinos. Conforme os tipos de forragem, os animais carecem de diferentes complementações, sendo este um dos determinantes do produto a ser usado, assim como a categoria animal e a definição dos objetivos de produção dessas categorias. Todos estes fatores serão abordados neste trabalho.
Abstract This paper presents an analysis of productivity and the main obstacles of using protein and protein-energy minerals supplements for beef cattle raised on pasture. The gain in productivity can be achieved by strategic supplementation taking into account the quality of forage and supplement offered to animals with a view on the increased profitability of the productive system. The research shows how the beef cattle industry can become more competitive over other activities, such as agriculture, which have been occupying space in areas previously exclusive to cattle. Some precautionary factors and parameters must be followed when the protein mineral supplements or protein energy is used. In this supplementation situation, unlike the semi-confinement system, there is no intention to replace the consumption of food offered by the supplement, but increase the consumption of food by increasing the digestibility of food intake. Knowing the forage supply is the starting point to obtain an adequate response in pastoral systems, strategic supplementation aims to contribute complementary nutrients that improve rumen and liver functions of cattle. As kinds of fodder, animals require different additions, which is one of the determinants of product to be used, the livestock category and the definition of production target these categories. All of these factors are discussed in this paper work.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133643
Arquivos Descrição Formato
000986180.pdf (329.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.