Repositório Digital

A- A A+

Concepções de sujeito e objeto do conhecimento na obra histórica de Caio Prado Jr.

.

Concepções de sujeito e objeto do conhecimento na obra histórica de Caio Prado Jr.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Concepções de sujeito e objeto do conhecimento na obra histórica de Caio Prado Jr.
Outro título Conceptions of the subject and object of knowledge in the historical work of Caio Prado Jr
Autor Zorek, Bruno de Macedo
Orientador Cezar, Temistocles Americo Correa
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Critica e interpretacao
Epistemologia
História do Brasil
Historiografia
Prado Junior, Caio 1907-1990.
[en] Caio Prado Júnior
[en] Epistemology
[en] Historiography
[en] Object of knowledge
[en] Subject of knowledge
Resumo Nesta dissertação, acompanho as modificações e as permanências nas concepções de sujeito e objeto do conhecimento apresentadas por Caio Prado Jr. em suas obras históricas, em diálogo com as principais inflexões nos campos intelectual e político no Brasil. Do início da década de 1930 até o final da de 1970, período em que Prado Jr. produz sua obra, os campos mencionados sofrem profundas modificações. No caso da produção intelectual, de uma maneira geral, vai-se da “revolução” interpretativa dos anos 30; passa-se pela consolidação de um espaço autônomo de produção científica, resultado da criação de instituições de amparo à pesquisa, do fortalecimento das universidades brasileiras e da incorporação de um “espírito científico” nos ambientes intelectuais; e chega-se a um momento de maior especialização dos saberes, onde as disciplinas tornam mais nítidas suas diferenças entre si, marcado pela proliferação das pós-graduações. Em relação à política, o período também se inicia com uma “revolução”, o golpe que levou Getúlio Vargas à presidência do país. Uma de minhas principais preocupações, neste sentido, foi analisar a relação de Prado Jr. com o Partido Comunista, no qual o autor era militante, e a do Partido com as outras instâncias da política nacional: uma relação historicamente tensa. No PCB, Prado Jr. teve pouco espaço, a não ser de meados da década de 1930 até meados da de 1940, quando então o partido foi posto na ilegalidade. Outros momentos importantes da política nacional, como o suicídio de Vargas e o período populista posterior, são menos enfatizados, por serem períodos em que o autor escreveu pouco ou não escreveu livros de história. O golpe de 1964 é a inflexão mais importante, pois é onde a esquerda nacional se vê desestruturada e Prado Jr. reaparece como historiador e crítico desta esquerda. No entremeio apresentado, a obra de Prado Jr. tem um papel central, pois exerce um impacto decisivo em momentos-chave das histórias política e intelectual brasileiras e uma influência importante na produção intelectual posterior, especialmente a historiográfica. Neste sentido, com a análise de elementos desta obra, meu objetivo é oferecer informações relevantes para a reflexão sobre os fundamentos epistemológicos da escrita da história atual no país.
Abstract In this dissertation, I go through the changes and permanencies in the concepts of the subject and object of knowledge presented by Caio Prado Jr. in his historical works, in dialogue with the main shifts on the intellectual and political fields in Brazil. From the begining of the 1930’s to the end of the 1970’s, period in which Prado Jr. produces his work, the fields mentioned go through profound changes. In the case of intellectual production, in general, it goes from the interpretative “revolution” of the 30’s; through the consolidation of an autonomous scientific production field, result of the creation of institutions that fund research, the strengthening of Brazilian universities and the incorporation of a “scientific spirit” in intellectual environments; coming to a time of knowledge’s greater specialization, where disciplines make their differences clear; a period marked by the proliferation of post-graduation courses. Regarding politics, the period also begins with a “revolution”, the coup that led Getúlio Vargas to the presidency of the country. One of my main concerns in this sense was to analyze the participation of Prado Jr. in the Brazilian Communist Party (PCB), as a militant, and of the Party with other instances of national politics: a historically tense relationship. In PCB, Prado Jr. had little space, except during the period that goes from the mid-1930 to the mid-1940, when the party was declared illegal. Other important moments of national politics, such as the suicide of Vargas and the subsequent populist period, are less emphasized, because they are periods in which the author wrote little or no history books. The 1964’s military coup is the most important change, because it is where the national left wing appears unstructured, and Prado Jr. reappears as a historian and a critic of the left wing parties. During this period, the work of Prado Jr. has a central role, because it exerts a decisive impact in key moments of the political and intellectual Brazilian histories, and an important influence on subsequent intellectual production, especially the historiographical. In this sense, with the analysis of elements of this work, my goal is to provide information relevant to the discussion of the epistemological foundations of the writing of history in the country today.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13374
Arquivos Descrição Formato
000637096.pdf (460.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.