Repositório Digital

A- A A+

A música silenciosa do Darma : um estudo antropológico das práticas e representações de uma comunidade zen budista em Porto Alegre

.

A música silenciosa do Darma : um estudo antropológico das práticas e representações de uma comunidade zen budista em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A música silenciosa do Darma : um estudo antropológico das práticas e representações de uma comunidade zen budista em Porto Alegre
Autor Genz, Antonio Carlos de Madalena
Orientador Steil, Carlos Alberto
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia da religião
Budismo
Conversão religiosa
Reflexão (Ética)
Zen-budismo
[en] Budism in Brazil
[en] Reflexivity
[en] Religious conversin
[en] Zen-budism
Resumo Este estudo procura analisar as representações e práticas de um grupo religioso zen budista, ligado ao mestre do zen japonês Moriyama Roshi, na comunidade denomina Associação Via Zen. Na medida em que procuramos estudar a implantação e recepção do budismo no Brasil através de um grupo de praticantes sem vínculos étnicos com os países de origem dessa religião, e seu encontro com um mestre originário dessa tradição, procuramos mostrar os processos de negociação através dos quais é assimilado seu ensinamento. Por meio de entrevistas e dados etnográficos, vemos que nem sempre, ou necessariamente, a assimilação desse ensinamento é feita dentro dos quadros de entendimento da categoria religião. Como uma categoria que engloba religião, muitos dos praticantes vêem a si mesmos como percorrendo um caminho espiritual. Esse percurso reflete uma tendência moderna dos sujeitos a fazer escolhas a partir de uma matriz marcada pela autonomia e reflexividade. Esses dados projetados sobre a questão da formação de uma identidade budista no campo religioso brasileiro se abrem a interrogações, uma vez que, além de religião, o budismo pode ser ressignificado em termos de caminho espiritual ou filosofia de vida, entre outros.
Abstract This study intends to analyze the representations and practices of a religious zen budist group, related to the Japanese zen master, Moriyama Roshi, in the so called community “Associação Via Zen”. As we intended to study the lodging and the reception of budism in Brazil through a group of practitioners without ethnic connections with the original countries of this religion, and their encounter with an original master of this tradition, we intended to show the negotiation processes through which its teaching is assimilated. By means of interviews and ethnographic data, we see that not always, or not necessarily, the assimilation of this teaching is done within the understanding framework of the category “religion”. As a category that comprises religion, many practitioners see themselves as following a spiritual path. This route reflects a modern tendency of the subjects to chose from a pattern distinguished by autonomy and reflexivity. This data, projected upon the issue of the formation of a budist identity in the Brazilian religious field, opens up to inquirying that budism, beyong religion, can also be resignified in terms of a spiritual path or a philosophy of life, among other terms.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13380
Arquivos Descrição Formato
000642256.pdf (416.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.