Repositório Digital

A- A A+

Utilização do método Quechers para a determinação simultânea de agrotóxicos em hortifrutigranjeiros

.

Utilização do método Quechers para a determinação simultânea de agrotóxicos em hortifrutigranjeiros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização do método Quechers para a determinação simultânea de agrotóxicos em hortifrutigranjeiros
Autor Millis, Gabrielli Charão
Orientador Pizzolato, Tania Mara
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química: Bacharelado.
Assunto Agrotóxicos
Cromatografia gasosa acoplada a espectrômetro de massa
Resumo A determinação de resíduos de agrotóxicos em alimentos é um constante desafio, principalmente em razão das pequenas quantidades de analitos presentes e grandes quantidades de substâncias interferentes que podem ser co-extraídas, afetando adversamente os resultados de uma análise. No entanto, os aspectos de segurança exigem que os agrotóxicos de uma ampla gama de propriedades químicas devem ser monitorados. Com o objetivo de avaliar simultaneamente resíduos de agrotóxicos em diversos tipos de alimentos, o método de extração QuEChERS foi desenvolvido. Neste trabalho, foi realizado o estudo dos métodos QuEChERS original, citrato e modificado, a fim de avaliar o percentual de recuperação, aliado ao efeito matriz (EM), e precisão (RSD%), para os agrotóxicos forato, clorotalonil, fenitrotiona, dicofol, aletrina, procimidona, picoxistrobina, oxifluorfem, clorfenapir, etiona, bromuconazol, bromopropilato, bifentrina, lambda-cialotrina e permetrina em amostras de abacate, arroz, beterraba, cebola, repolho e uva. As determinações foram realizadas utilizando cromatografia a gás acoplado à espectrometria de massas (GC-MS). Os valores de recuperação dos analitos para a maioria das amostras utilizadas foram superiores a 100%, evidenciando um enriquecimento de sinal característico do efeito matriz positivo. Apenas para o clorotalonil, foi observado um efeito de matriz negativo com valores de recuperação de 8,0 e 6,3% para os métodos QuEChERS original e citrato, respectivamente, e de 21,8% para o modificado. Na amostra de cebola, este analito não foi encontrado. O percentual de recuperação foi utilizado para avaliar a eficiência dos métodos de extração, categorizados em um intervalo de 80-120% como aceitável, e mostrou que o método QuEChERS original apresentou o maior número de agrotóxicos extraídos nesta faixa para as amostras de arroz e beterraba. O método QuEChERS modificado se mostrou mais eficiente para a amostra de uva e, para as demais amostras, este estudo mostrou que os três métodos utilizados podem ser escolhidos pois apresentaram o percentual de recuperação, neste intervalo, para o mesmo número de analitos. Os valores de RSD% apresentaram abaixo de 20% para a maioria dos compostos, com valores superiores apenas para clorotalonil, lambda-cialotrina e bromuconazol.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/134188
Arquivos Descrição Formato
000985468.pdf (247.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.