Repositório Digital

A- A A+

Jornalismo e estilo de vida : o discurso da revista Vogue

.

Jornalismo e estilo de vida : o discurso da revista Vogue

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jornalismo e estilo de vida : o discurso da revista Vogue
Autor Elman, Débora
Orientador Benetti, Márcia
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Análise do discurso
Jornalismo
Vogue (Revista)
[en] Discourse
[en] Journalism
[en] Lifestyle
[en] Profile articles
[en] Vogue magazine
Resumo As reportagens de perfil da revista Vogue são o foco desta pesquisa, que busca definir quais estilos a revista institui como modelos de ser e viver do sujeito contemporâneo. A amostragem reuniu 12 revistas, do período entre Janeiro e Dezembro de 2006. Foram analisadas 102 reportagens do subgênero perfil jornalístico, com o objetivo de responder quais os modelos que a revista Vogue constrói, tomando como referência categorias (estilos de vida Inovador, Tradicional e Vanguardista) preexistentes e exteriores ao jornalismo, ligadas ao referencial teórico da pesquisa, para nortear a busca dos principais sentidos representados nas matérias. O trabalho está inserido na perspectiva construcionista, que considera o poder do jornalismo na construção da realidade. A Análise de Discurso serve como suporte metodológico. Os estilos de vida encontrados na revista são representados pelas marcas discursivas que permitem evidenciá-los e demonstram a freqüência com que são reiterados por Vogue. Entre as conclusões, ganha destaque o fato de que o estilo de vida Inovador é dominante, presente em 44,11 % do corpus, enquanto o estilo de vida Tradicional representa 37,27% do total e o estilo de vida Vanguardista está presente em 18,62 %. A análise revela que, destituindo o estilo de vida Vanguardista da transgressão que o define, a Vogue realinha este estilo de vida como apenas uma atitude de valorização de uma estética diferenciada. O que a revista mostra – e busca vender – é a idéia de que, por meio da adoção das orientações guiadas pelo jornalismo nos modos de ser sujeito e mostrar-se aos outros, pode-se obter “estilo”, a partir da exposição e consumo de bens simbólicos. Assim, o que a pesquisa conclui é que de fato o jornalismo de Vogue investe na construção de dois estilos de vida: o Inovador e o Tradicional.
Abstract The profile reportages from the magazine Vogue are this search focus, which wants to define what styles the magazine institutes as being and living models of the contemporaneous subject. The sampling gathered 12 issues, of the period between January and December 2006. There were observed 102 reportages of the subgenus journalistic profile, with the objective of answering what models that the magazine Vogue builds, taking as reference categories (Innovative, Traditional and Vanguard lifestyles) preexisting and exteriors to journalism, linked to the theoretical reference of the survey, to guide the search of the main senses represented on the materials. The work is inserted on the constructionist perspective, which considers the power of journalism in the reality construction. The Analysis of the Speech serves as a methodological support. The life styles found in the magazine are represented by the discursive brands that allow showing them and demonstrating the frequency they are repeated by Vogue. Among the conclusions, points out the fact that the Innovative life style is dominant, present in 44,11% of the corpus, while the Traditional life style represents 37,27% of the total and the Vanguard is present in 18,62%. The analysis proves that, dismissing the Vanguard lifestyle from the transgression that defines it, Vogue realigns this Vanguard lifestyle just as an attitude of recovery of a different aesthetics. What the magazine shows is the idea - and seeks to sell - is the idea that, through the adoptions of orientations guided by journalism in the ways of being subject e showing yourself to others, it is possible to obtain "style", from the exposure and consumption of symbolic goods. This way, what the search concludes is that indeed the Vogue journalism invests on the construction of two lifestyles: the Innovative and the Traditional.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13423
Arquivos Descrição Formato
000644605.pdf (3.672Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.