Repositório Digital

A- A A+

Orgulho e preconceito : o desenvolvimento de atitudes raciais implícitas e explícitas em crianças de Porto Alegre e Salvador

.

Orgulho e preconceito : o desenvolvimento de atitudes raciais implícitas e explícitas em crianças de Porto Alegre e Salvador

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Orgulho e preconceito : o desenvolvimento de atitudes raciais implícitas e explícitas em crianças de Porto Alegre e Salvador
Autor Sacco, Airi Macias
Orientador Koller, Silvia Helena
Co-orientador Couto, Maria Clara Pinheiro de Paula
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Atitudes
Criança
Porto Alegre (RS)
Preconceito racial
Psicologia do desenvolvimento
Salvador (BA)
[en] Evaluative Priming
[en] Implicit Association Test
[en] Implicit attitudes
[en] Racial prejudice
[en] Racism
Resumo O objetivo geral desta tese, composta por um artigo teórico e três empíricos, foi investigar o desenvolvimento de atitudes raciais em crianças. O primeiro estudo foi uma revisão sistemática de estudos da Psicologia brasileira sobre preconceito racial. O segundo envolveu a criação e validação de um banco de estímulos para utilização em pesquisas científicas, o BICMulticor. O terceiro utilizou medidas implícitas (Priming Avaliativo e Teste de Associação Implícita) e explícitas de atitude para avaliar o desenvolvimento de atitudes raciais em crianças brancas, pardas e pretas de Porto Alegre e Salvador. Participaram 542 crianças, de seis a 14 anos de idade. Foram encontradas diferenças nas atitudes implícitas entre os grupos raciais e também entre as duas cidades avaliadas. O quarto foi um estudo sobre as diferenças de categorização racial entre baianos, gaúchos e norte-americanos. A categorização racial sofreu forte influência contextual e foi semelhante na Bahia e nos Estados Unidos.
Abstract This dissertation, composed by one theoretical and three empirical papers, aimed to investigate the development of race attitudes in children. The first study was a systematic review of Brazilian psychological studies on racial prejudice. The second one involved the development and validation of a set of children’s portraits to be used as stimuli on scientific research, the BIC-Multicor. The third one used implicit (Evaluative Priming and the Implicit Association Test) and explicit measures of attitude to investigate the development of race attitudes in White, Pardo and Black children (N = 542), aged six to 14, from Porto Alegre and Salvador. Implicit attitudes were different between cities and also between racial groups. The forth study assessed differences in racial categorization in Bahia, Rio Grande do Sul and the United States. Racial categorization was influenced by context and similar results were found between participants from Bahia and the US.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/134432
Arquivos Descrição Formato
000987270.pdf (10.83Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.