Repositório Digital

A- A A+

De placa e grelha : transformações dominoicas em terra brasileira

.

De placa e grelha : transformações dominoicas em terra brasileira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título De placa e grelha : transformações dominoicas em terra brasileira
Autor Bahima, Carlos Fernando Silva
Orientador Comas, Carlos Eduardo Dias
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura moderna : Brasil
Brutalismo arquitetonico
Escola Carioca
Escola paulista
Estruturas
Forma arquitetônica
Resumo De placa e grelha: transformações dominoicas em terra brasileira discute as transformações nos anos 1950 e 1960 dos elementos do esquema de estrutura independente tipo Dom-ino, o esqueleto ou ossatura constituído por conjunto de placas paralelas em balanço suportada por grelha de apoios pontuais que é fundamento explícito da arquitetura moderna brasileira de base carioca entre 1936 e 1945. O presente trabalho complementa e refina a revisão histórica e crítica da arquitetura moderna brasileira empreendida por pesquisa dentro do PROPAR-UFRGS com participação entre outros, do próprio autor com sua dissertação de mestrado, Edifício moderno brasileiro: a urbanização dos cinco pontos de Le Corbusier 1936-57 (2003). Considerando que uma estrutura não atende apenas cargas verticais, o trabalho deixa evidente a dificuldade de reduzir a função das paredes da arquitetura moderna à pura vedação. Ao mesmo tempo, mostra a progressiva mutação do sistema triarticulado que informa o pensamento de Lucio Costa. A inclusão de estruturas especiais e estruturas de paredes portantes para alternativas eventuais à estrutura tipo Domino, entendida como estrutura normal da arquitetura moderna, evidencia que o sistema tem um viés hierárquico. O trabalho mostra que esse viés se abala quando a arquitetura moderna triunfa no pós-guerra, com a parede portante assumindo importância equivalente ao apoio pontual. Desta forma, contribui para aprofundar o entendimento das continuidades e descontinuidades entre a arquitetura feita nos anos 1950 por Oscar Niemeyer e Affonso Eduardo Reidy, baseados no Rio de Janeiro, e a arquitetura de Vilanova Artigas e Paulo Mendes da Rocha, operando em São Paulo nos anos 1960. No primeiro capítulo, a tese examina os textos mais importantes de Rowe e Eisenman em torno do entendimento do esquema Dom-ino e das suas conexões com os 5 pontos e as 4 composições corbusianas. O segundo capítulo percorre a apreciação de Comas sobre o aporte teórico de Costa nos ensaios e memórias que inclui o exame da atribuição de paradigma ao esquema de placa e grelha e da definição de arquitetura com viés corbusiano como proposição inclusiva que leva à noção da arquitetura moderna como sistema triarticulado e que acolhe combinações híbridas. O terceiro capítulo é centrado no problema de expressão dos esforços horizontais suprimida na formulação estrutural dominoica e os problemas de estabilidade e rigidez desse esquema, acrescido de um inventário de pressões de natureza espacial e funcional que põem em crise o estatuto de paradigma da estrutura tipo Dom-ino tanto no período entreguerras quanto no pósguerra. Os dois capítulos seguintes abordam as transformações formais, em bases cariocas, que registraa ampliação da configuração dos apoios isolados e, em terra paulista, caracterizadas pelas empenas de concreto aparente que afetam o princípio de independência entre estrutura e vedação, desautorizam a associação categórica do apoio isolado a elemento estrutural, e da parede a elemento sustentado, de vedação. O sexto capítulo é estudo empírico comparativo que visa a verificar mais detalhadamente os processos formais e construtivos expostos de maneira ampla nos dois capítulos anteriores. Nas mutações sistêmicas do epílogo se reitera a crescente interdependência no pós-guerra entre o esqueleto independente tipo Dom-ino e planos de parede estrutural, atualizando as relações da cella-pronaos nos tempos grecoromanos em termos modernos de shear core-skeleton. A importância da parede estrutural se acentua considerando o predomínio de soluções híbridas na arquitetura moderna brasileira.
Abstract Plate and grid: Dom-ino type structure changes in Brazilian territory discuss the changes in the 1950s and 1960s of the elements of the independent structure diagram type Domino. The skeleton or the frame consists of a set of parallel cantilevered plates supported by a grid of supports that is the explicit foundation of modern Brazilian architecture based in Rio de Janeiro between 1936 and 1945. This study compliments and refines the historical and critical review of modern Brazilian architecture undertaken through research within the PROPAR-UFRGS involving the participation among others, of the author himself with his Masters dissertation, The modern brazilian building: the urbanization of the five points of Le Corbusier 1936-57 (2003). Considering that a structure not only receives vertical loads, the study makes evident the difficulty of reducing the function of walls in modern architecture to only partitioning. At the same time, it shows the gradual changing of the triarticulated system in Lucio Costa’s thoughts. The inclusion of special structures and wall bearing structures for possible alternatives to the Dom-ino type structure, is understood as the normal modern architecture structure that indicates the system has a hierarchical bias. The research shows that this bias is undeterred when modern architecture triumphs in the postwar period, with the supporting wall taking on the equivalent importance of pointed support. In this way it contributes to deepening the understanding of the continuities and discontinuities between architecture of the 1950s by Oscar Niemeyer and Affonso Eduardo Reidy, based in Rio de Janeiro, and architecture by Vilanova Artigas and Paulo Mendes da Rocha, operating in São Paulo in the 1960s. In the first chapter, the thesis examines the most important texts of Rowe and Eisenman about the understanding of the Dom-ino type structure scheme and its connections with 5 points and the four corbusian compositions. The second chapter covers the assessment of Comas on the theoretical support of Costa in the essays and memoirs that include consideration of the assignment of a paradigm to the scheme of plate and grid and the definition of architecture with a corbusian bias as an inclusive proposition that leads to the notion of modern architecture as a tri-articulated system that welcomes hybrid combinations. The third chapter is focused on the expression of the problem of horizontal forces suppressed by the dominoic structural formulation and the problems of stability and rigidity of this scheme, increased by a list of spatial and functional pressures which leads to a crisis in the paradigm Dom-ino type structure both in the interwar period and after the war. The next two chapters cover the formal transformations based in Rio, which registers the expansion of the configuration of the pointed support, and, in Sao Paulo, is characterized by exposed concrete walls affecting the principle of independence between structure and partition, disallowing the categorical association pointed support as a structural element, and the wall as partition. The sixth chapter is a comparative empirical study which aims to verify in detail the formal and constructive processes exhibited broadly in the previous two chapters. In systemic changes in the epilogue, the growing interdependence in the post-war period between independent skeleton type Dom-ino and structural wall plans were reiterated, updating the relations of Cella-pronaos Greek and Roman times into modern terms of a shear core-skeleton. The importance of the structural wall is accentuated considering the predominance of hybrid solutions in modern Brazilian architecture.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/134583
Arquivos Descrição Formato
000984577.pdf (66.84Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.