Repositório Digital

A- A A+

Simulação termo energética de um supermercado

.

Simulação termo energética de um supermercado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Simulação termo energética de um supermercado
Outro título Building energy simulation of a supermarket
Autor Pedrotti, Renato Fonseca
Orientador Beyer, Paulo Otto
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Energia.
Assunto Engenharia de energia
[en] Building energy simulation
[en] Energy audits
[en] Food refrigeration
[en] Supermarket
Resumo Sob a perspectiva de avaliar oportunidades de conservação de energia, este trabalho fez uso da capacidade do EnergyPlus para alimentar análises qualitativas superiores, a partir das informações de consumo, demanda e custos de energia, as quais são geradas por simulações horárias/sub horárias. Como ferramenta de auditoria energética em edificações, este trabalho indica uma intensidade de uso da energia de 305 kW.h/m²/ano para um supermercado existente de médio padrão, com área de piso de 5.962 m², situado em Capão da Canoa/RS. O custo médio com energia elétrica ficou estimado em 0,732 R$/kW.h. O consumo com frio alimentar (49%) foi o protagonista, com iluminação (31%) no segundo lugar de maior consumo, seguido por AVAC (15%) e por equipamentos (5%). Resultado consistente com AERG, 2013. Para diminuir a pegada energética da edificação, foi simulada uma proposta com 47 janelas difusivas zenitais e iluminação controlada por luxímetro. As simulações indicaram um potencial de economia de 110 mil reais por ano, uma redução na intensidade do uso da energia para o patamar de 278 kW.h/m²/ano e retorno do investimento em quatro anos e meio.
Abstract Under a perspective to evaluate energy conservation opportunities, this work made use of EnergyPlus's ability to feed higher qualitative analysis, from the consumption, demand and energy costs information, which can be generated by hourly / sub hourly simulations. As a building energy audits tool, this text indicates an energy use intensity, EUI, of 305 kW.h/m²/ year for a supermarket average standard, with 5.962 m² of floor area, located in Capão da Canoa/RS. The average cost of electricity was estimated at 0,732 R$/kW.h. The food refrigeration energy consumption (49%) was the protagonist, with lighting (31%) in the second highest consumption, followed by HVAC (15%) and equipment (5%). Consistent result with AERG, 2013. To reduce the energy footprint of the building, was simulated a proposal with 47 roof windows diffusive and lighting controlled by light meter. The simulations indicated a potential savings around hundred and ten thousand reais per year, a reduction in the EUI for level 278 kW.h / m² /year and a payback in four years and a half.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/134599
Arquivos Descrição Formato
000986438.pdf (1.799Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.