Repositório Digital

A- A A+

Estudo comparativo entre um orçamento convencional de construção e um orçamento com a utilização de coordenação modular : aplicação em alguns serviços de uma residência unifamiliar de classe média-baixa

.

Estudo comparativo entre um orçamento convencional de construção e um orçamento com a utilização de coordenação modular : aplicação em alguns serviços de uma residência unifamiliar de classe média-baixa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo comparativo entre um orçamento convencional de construção e um orçamento com a utilização de coordenação modular : aplicação em alguns serviços de uma residência unifamiliar de classe média-baixa
Outro título Comparative study between a conventional budget construction and a budget with modular coordenation : aplication in some services of an unifamiliar residence of lowmiddle class
Autor Lacerda, Pedro Amar Ribeiro de
Orientador Greven, Helio Adao
Data 2005
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Mestrado Profissional em Engenharia.
Assunto Construção civil
Coordenação modular
Custo da construção
Habitacao popular
Sistemas construtivos
[en] Constructive system
[en] Modular coordination
[en] Rationalization of construction
Resumo A norma sobre a Coordenação Modular na Construção Civil (hoje NBR 5706) criada no Brasil (um dos países pioneiros) em 1970, teve seus estudos aprofundados nos anos 70 e início dos anos 80. Já em nível mundial, nasce na Alemanha entre as duas grandes guerras mundiais com objetivo de reconstruir o País, para proporcionava velocidade (pela repetitividade) na execução e redução de custos causada pela racionalização e ordenação dos espaços. Em síntese, a Coordenação Modular nada mais é do que a ordenação dos espaços na construção civil. A necessidade presente de qualidade do produto e redução do preço final ao consumidor exige aprimoramento de serviços e redução de custos tornando-o competitivo em um mercado cada vez mais disputado. Neste aspecto, a construção civil pouco avançou. Seus processos são ainda quase artesanais. A Coordenação Modular é a ferramenta mais adequada quando se fala em racionalização de processos, questões ambientais, produtividade (escala industrial), déficit habitacional. Paradoxalmente, apesar dela ser a ferramenta mais adequada, sabe-se que após a extinção do Banco Nacional de Habitação (BNH), os estudos sobre Coordenação Modular foram praticamente abandonados no Brasil. Realizou-se estudo comparativo entre um orçamento com projeto convencional e um orçamento com projeto utilizando a Coordenação Modular. Ainda, por pesquisa documental, verificou-se os custos efetivamente praticados execução de projeto similar (auto-construção), observando os fatores e relação do não avanço da coordenação modular no Brasil. Através de experimento, confirmou-se a redução de custos pelo uso da Coordenação Modular (diminuição de perdas e tempo de mão-de-obra empregada) e que a normalização e fiscalização ineficazes contribuem para a auto-construção influenciando no preço de mercado (em detrimento da qualidade do produto). Entretanto, um programa de qualidade e fiscalização severa atingindo todos os integrantes da cadeia produtiva da construção civil, dos projetos à execução, materiais e órgãos representativos, resultará no sucesso da implantação da Coordenação Modular.
Abstract The norm about Modular Coordination in the civil construction (today NBR 5706) began in Brazil (one of the pioneer countries) in 1970, and had its studies deepened in the 70s and beginning the 80s. On world Level, it was born in Germany between the two great world wars with the objective of the reconstruction of the country. Reason: it allowed velocity (by the repetition) in the execution and reduction of costs due to the rationalization and arrangement oh the spaces. In synthesis, the Modular Coordination is nothing more than the ordering of the space in the civil construction. The needed presence of the quality product and the reduction of the final price to the consumer, demands improvement of services and reduction of costs, making it competitive in a market of growing dispute. In this aspect the civil construction had little advance. Its processes are still almost hand-made (with few exceptions). The Modular Coordination is the most adequate tool when talking on rationalization or processes, ambiental affair, productivity (industrial scale), and shortage of homes. Paradoxicaly, although it is the most adequate tool, we know that the suppression of the National Bank of Residence (BNH) the studies about Modular Coordination were practically abandoned in the country. In order to go back to these researches and awake the interest of the productive chain in civil construction throughout the profit in mind, a comparative study was held between a budget with a conventional project and a budget with a project using a Modular Coordination. Furthermore, through documental research, it was verified the cost effectively used in the execution of similar project (self - construction), observing the factors and the list of no advance of the Modular Coordination in Brazil. Thru experiment it was confirmed the reduction of costs by the use of Modular Coordination (diminishing losses and time of hands employed) and that normalization and ineffective inspection contribute to self construction with influence on the market price (with damage to the quality of the product). Nevertheless, a quality program and a severe control covering all the integrants of the productive chain of the civil construction, from the projects to the execution, materials and representative organisms, will result in success for the implantation of Modular Coordination.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13464
Arquivos Descrição Formato
000643250.pdf (9.561Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.