Repositório Digital

A- A A+

Análise palinológica em folhelhos da Formação Morro do Chaves e implicações na evolução paleogeográfica da fase rifte da Bacia de Sergipe - Alagoas

.

Análise palinológica em folhelhos da Formação Morro do Chaves e implicações na evolução paleogeográfica da fase rifte da Bacia de Sergipe - Alagoas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise palinológica em folhelhos da Formação Morro do Chaves e implicações na evolução paleogeográfica da fase rifte da Bacia de Sergipe - Alagoas
Autor Garcia, Gustavo Gonçalves
Orientador Souza, Paulo Alves de
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Evolucao paleografica
Paleoambiente
Palinologia
Sergipe, Bacia sedimentar de (SE)
[en] Lower cretaceous
[en] Paleogeographic
[en] Palinology
[en] Sergipe-Alagoas basin
Resumo O processo de fragmentação do Continente Gondwana vem sendo gradativamente mais entendido a partir de estudos realizados nas bacias sedimentares situadas nas margens atlânticas atuais. Nesse contexto a Bacia de Sergipe-Alagoas torna-se relevante em decorrência da completude com que apresenta as sequências estratigráficas deposicionais registradas durante este processo, expostas em afloramento ou em subsuperfície, com importante significado no âmbito das pesquisas sobre rochas geradoras e reservatório de hidrocarbonetos. O presente trabalho tem como objetivo aprofundar a recuperação e o reconhecimento de conteúdos palinológicos em depósitos da Formação Morro do Chaves, Sub-bacia Alagoas, visando contribuir para a ampliação da base de dados micropaleontológicos da unidade e direcionado para o refinamento dos enfoques bioestratigráficos, paleoambientais e paleogeográficos relacionados com a sua origem. Como objetivo consequente busca-se o melhor entendimento sobre a evolução paleo-bio-geográfica da região, hoje ocupada por distintas bacias residuais no interior do nordeste do Brasil, durante os eventos iniciais de invasões marinhas sobre áreas antes continentais localizadas no interior do continente gondwanico, seja através da ruptura da crosta e oceanização propriamente dita, ou pela invasão de águas marinhas através de baixios intra-continentais, durante intervalos de elevação do nível do mar global (Mar de Thetis/Atlantico Central). A análise do material tem sua origem nos afloramentos da Formação Morro do Chaves, pertencente a Pedreira InterCement (ex-Cimpor/Atol), localizada no município de São Miguel dos Campos, Alagoas. Dezessete amostras de folhelhos foram coletadas na cava da pedreira, ao longo de 63 m de uma seção vertical principal para análises palinológicas. Além destas, 28 amostras de folhelhos coletadas em testemunhos de quatro furos (IC-1 a IC-4) perfurados na área da pedreira. Foram selecionadas duas amostras para análise do furo IC-1 (96,14 m de profundidade total), 10 do IC-2 (225,55 m), 14 do IC-3 (212,54 m) e duas do IC-4 (119,98 m). Um total de 11 táxons de palinomorfos foram identificados, cinco relativos a esporos, três a grãos de pólen gimnospérmicos, três a angiospermas, quatro de elementos algálicos (?Dinophyceae, Prasinophyceae e Clorophyceae), um ?palinoforamínfero e cinco esporos indeterminados de fungos. Com base na ocorrência da espécie Dicheiropollisetruscus, que compreende os andares Rio da Serra até Jiquiá Superior, em conjunto com outros dados paleontológicos e geológicos determina-se a idade Barremiana para o intervalo. A partir da associação palinológica reconhecese que estes corpos d’água estavam situados em uma planície, com plantas herbáceas, cercada por regiões montanhosas remotas, com vegetação rara de porte arbóreo. Em alguns níveis identificaram-se vesículas de algas pré-classificadas como possíveis algas da classe Prasinophyceae, cujo habitat possível é marinho, no entanto também há registros em ambientes de água doce ou salobra. A identificação preliminar dos espécimes de palinoforaminifero e de dinoflagelado corroboram com esta idéia, bem como a presença de organismos como Scenedesmus e Botryoccocus, organismos que toleram certa salinidade. Ratifica-se assim a probabilidade de influência marinha e/ou salobra no Cretáceo, no setor norte da Bacia de Sergipe-Alagoas, podendo aproximar a unidade ao modelo paleogeográfico que discute a entrada de águas Thetianas ao norte do continente Sul-Americano.
Abstract The fragmentation process of the Gondwana continent has been increasingly understood as a result of the studies held in the sedimentary basins located on the Atlantic’s current margins. Within this context, the Sergipe-Alagoas Basin becomes important as a result of the complementarity with which the depositional stratigraphic sequences recorded during this process are presented. Such sequences, exposed in outcrop or in subsurface, are of great deal for research studies in source-rocks and hydrocarbon reservoirs. The objective of the present work is to get a more detailed knowledge of the palynological content in Morro do Chaves Formation deposits, at Alagoas Sub-basin. It will allow an expansion of the micropaleontological database of the studied unit as well as a refinement of the biostratigraphic, paleoenvironmental and paleogeographic approaches related to its origin. Also, we search for a better understanding of the paleo-biogeographical region evolution, which is nowadays occupied by different residual basins in Brazil northeast interior, during the early events of marine ingressions over previous continental areas located inside the Gondwana continent, either through crust rupture and oceanization itself or due to the invasion of marine waters through intra-continental shallows during intervals of rising of the global sea levels (Tethys Sea / Center Atlantic). The analysis of the material has its origin in outcrops from the Morro do Chaves Formation belonging to the InterCement Quarry (former Cimpor/Atol), located in São Miguel dos Campos, Alagoas State. Seventeen samples were collected from shales in the quarry pit, along 63 m of the main vertical section for pollen analysis. Apart from these, 28 samples of shales were collected from the four drill-cores (IC-1 to IC-4) drilled in the quarry area. Two samples from the IC-1 drill-core (96.14 m total depth), ten from IC-2 (225.55 m), fourteen from IC-3 (212.54 m) and two from IC-4 (119.98 m) were selected for analysis. A total of eleven taxa of palynomorphs have been identified. Five are related to spores, three to gymnosperms pollen grains, three to angiosperms, four to algae elements (?Dinophyceae, Prasinophyceae, and Clorophyceae), one to a ?palinoforaminifera and five unidentified fungal spores. Based on the occurrence of Dicheiropollis etruscus species, comprising Rio da Serra to Upper Jiquiá Superior age, together with other paleontological and geological data, it is possible to determine the Barremian age for the studied interval. The pollen association shows that these water bodies were located on a plain, with herbaceous plants, surrounded by remote mountain regions, where arborous vegetation was rare. In some levels were identified algae vesicles pre-classified as possible algae from the Prasinophyceae class, most likely from marine environment. However there are also records of this algae class in fresh or brackish water environments. The preliminary identification of specimens of ?palinoforaminifera and dinoflagellate corroborate this idea as well as the presence of organisms such as Scenedesmus and Botryoccocus, organisms that tolerate a certain level of salinity. It is thus recognized the possible influence of marine and/or brackish waters in the Cretaceous, in the northern sector of the Sergipe-Alagoas Basin. Such conclusions allow an approach of the studied unit to the paleogeographic model that discusses the input of waters from the Tethys Sea at the north of the South American continent.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/134664
Arquivos Descrição Formato
000987804.pdf (11.63Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.