Repositório Digital

A- A A+

Educação & exposição: a dimensão educativa das exposições curriculares do curso de Museologia da UFRGS (2011-2015)

.

Educação & exposição: a dimensão educativa das exposições curriculares do curso de Museologia da UFRGS (2011-2015)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação & exposição: a dimensão educativa das exposições curriculares do curso de Museologia da UFRGS (2011-2015)
Autor Souza, Aline Escandil
Orientador Faria, Ana Carolina Gelmini de
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Museologia: Bacharelado.
Assunto Educação em museus
Expografia
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Museologia
[en] Course bachelor of museology / UFRGS
[en] Curricular exhibition
[en] Educational action
[en] Museology
[en] Museum education
Resumo O Trabalho de Conclusão do Curso se propôs a investigar a dimensão educativa das exposições curriculares realizadas pelo curso de Bacharelado em Museologia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), identificando o processo de criação e execução de suas propostas educativas. Nesse sentido analisou como o curso de Museologia da UFRGS contempla essa atividade de ensino no âmbito formativo da graduação, compreendendo esse exercício prático como uma habilidade e competência do profissional museólogo. Na realização da pesquisa, para compreender esse processo formativo dos alunos-curadores os conceitos de Expologia (CURY, 2005), Expografia (CURY, 2005), Exposição (DESVALLÉS; MAIRESSE, 2013) e Educação em museus (CURY, 2013; SANTOS, 2002; SANTOS, 2008) contribuíram para a identificação do processo de planejamento e execução do projeto de curadoria e de seus desdobramentos educativo-culturais. A investigação contemplou as cinco primeiras exposições curriculares do curso de Museologia da UFRGS, a saber: Do confessionário ao wirelless: Landell de Moura, o padre-inventor (2011); Fatos, lendas e mitos: olhares sobre o imaginário de Porto Alegre (2011); Brinquedo é coisa séria (2012); Alices: Cenários de Vida e Arte (2013) e Agô - presença negra em Porto Alegre: uma trajetória de resistência (2015). A metodologia empregada, de cunho qualitativo, compreendeu coleta das memórias sobre o processo curatorial das exposições reunidos no Laboratório de Criação Museográfica (CRIAMUS) - em catálogos, projetos, registros fotográficos por exemplo, bem como entrevistas com agentes que participaram diretamente dos processos criativos. A pesquisa concluí que as exposições curriculares são consideradas relevantes atividades de ensino para a formação do museólogo e a participação dos alunos-curadores no planejamento e execução do núcleo educativo uma oportunidade de exercitar soluções criativas que promovam uma relação interativa dos temas geradores das exposições com a comunidade.
Abstract The Working Course Completion set out to investigate the educational dimension of the curriculum exhibitions by the course of Bachelor of Museology at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), identifying the process of creation and execution of their educational proposals. Accordingly examined how the course of UFRGS Museology includes this teaching activity in the training of undergraduate level, comprising this practical exercise as a skill and competence of professional museologist. In conducting the research, to understand this formative process of the student-curators the concepts of Expologia (CURY, 2005), expography (CURY, 2005), exposure (DESVALLÉS; MAIRESSE, 2013) and Education in museums (CURY, 2013; SANTOS, 2002; SANTOS, 2008) contributed to the identification of the planning process and execution of the curatorial project and its educational and cultural developments. The research looked at the first five exhibitions curriculum of the course of Museology at UFRGS, namely: From the confessional wirelless: Landell de Moura, the priest-inventor (2011); Facts, legends and myths: views on the imagination of Porto Alegre (2011); Toy is serious (2012); Alices: Life and Art Scenarios (2013) and Aug - black presence in Porto Alegre: a history of resistance (2015). The methodology of qualitative nature, understood collection of memories about the curatorial process of the exhibits collected in the museum-Creation Laboratory (CRIAMUS) - in catalogs, projects, photographic records for example, as well as interviews with agents who participated directly in the creative process. The research concluded that the curriculum exhibitions are considered relevant teaching activities for the formation of museologist and the participation of student trustees in planning and executing the educational core an opportunity to work out creative solutions that promote an interactive relationship of generating themes of the exhibitions with community.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/134694
Arquivos Descrição Formato
000987210.pdf (3.597Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.