Repositório Digital

A- A A+

Sistemas de trabalho em turnos e seus impactos sobre a saúde dos trabalhadores : uma abordagem ergonômica

.

Sistemas de trabalho em turnos e seus impactos sobre a saúde dos trabalhadores : uma abordagem ergonômica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistemas de trabalho em turnos e seus impactos sobre a saúde dos trabalhadores : uma abordagem ergonômica
Autor Silva, Marcelo Pereira da
Orientador Amaral, Fernando Goncalves
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.
Assunto Ergonomia
Organização do trabalho
Trabalho em turnos
Resumo A preocupação com a organização do trabalho vem se modificando nos últimos anos. O enfoque, anteriormente voltado ao volume de produção, hoje coloca os problemas de tolerância entre o trabalhador e a organização do trabalho no centro das atenções. Isso é evidenciado pelo número crescente de pesquisas sobre o assunto aplicadas em diferentes setores industriais. Nesse contexto, a necessidade de funcionamento contínuo das empresas traz consigo uma forma de organização com certas características, que podem gerar problemas de adaptação entre os horários de trabalho e as necessidades psicofisiológicas dos trabalhadores. A abordagem metodológica desenvolvida neste trabalho foi aplicada em duas empresas da indústria petroquímica para avaliar o reflexo de diferentes tipos de sistemas de trabalho em turnos sobre os trabalhadores. A avaliação foi realizada através de entrevistas com gestores, da aplicação de questionário com os trabalhadores e observação direta de critérios relacionados à agenda de turnos, organização do trabalho e promoção de saúde e educação. Constatou-se que ambas as empresas possuem problemas relacionados ao trabalho em turnos e que o nível de comprometimento aparente dos trabalhadores expostos varia conforme tempo de trabalho, idade, preferência por determinado turno entre outros fatores. Baseado nesses aspectos e nas observações locais, foram indicadas melhorias específicas para cada caso, buscando a diminuição dos problemas referentes a cada situação de trabalho e de organização.
Abstract In the last years, the concern about work organization is modifying itself. The focus, previously on the production volume, points today the attention problems like tolerance between workforce and work organization. The research application about this subject on several areas in industry proves this fact. In this context, the need of continuum activity of the companies brings together a form of organization that can lead to adaptation problems between work hours and the psychophysiological needs of workers. The methodological approach on this work was applied in two petrochemical companies, in order to evaluate the reflex of different types of work shift systems into workers. The evaluation was conducted based on interviews with managers, questionnaire applications on workers and direct observation of work shift criteria, work organization and health and education promotion criteria. The evidences show that both companies had work shift problems and the apparent level of workers compromising depends on experience, age, preferences, among other factors. Based on this issues and local observation a serial of specific improvements was indicated to develop the work and organizational problems.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13477
Arquivos Descrição Formato
000648640.pdf (816.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.