Repositório Digital

A- A A+

A memória, a fotografia e o artista: um estudo sobre a presença de imagens nas publicações da Fundação Iberê Camargo

.

A memória, a fotografia e o artista: um estudo sobre a presença de imagens nas publicações da Fundação Iberê Camargo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A memória, a fotografia e o artista: um estudo sobre a presença de imagens nas publicações da Fundação Iberê Camargo
Autor Perlott, Marcela Peters
Orientador Rozados, Helen Beatriz Frota
Co-orientador Oliveira, Lizete Dias de
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Fundação Iberê Camargo
Imagem fotográfica
Memória social
[en] Photography
[en] Social memory
Resumo A fotografia tem sido cada vez mais utilizada como objeto e recurso de memória, no intuito de preservar a memória das sociedades e dos indivíduos que dela fazem parte. A imagem fotográfica é uma ferramenta de muita utilidade no processo de comunicação e interpretação das informações e passa cada vez mais a ser integrante de diversas atividades humanas, inclui-se aqui o estudo da memória social. É perceptível em algumas publicações de exposições de arte, que os organizadores fazem uso de imagens dos artistas para compor os catálogos, como é o caso dos catálogos de Iberê Camargo, produzidos pela Fundação Iberê Camargo (FIC). Sendo assim o presente trabalho busca fazer uma relação entre a utilização de imagens fotográficas do artista nestas publicações com a intenção da construção da memória social em relação ao artista. O estudo tomou como ponto de partida os escritos de teóricos que abordam os temas memória social e fotografia e para a complementação fez-se um histórico tanto de Iberê Camargo e da Fundação que leva o nome do artista, para a fundamentação. Por meio de entrevistas buscou-se identificar qual a relevância das imagens fotográficas na construção da memória e da figura pública de Iberê Camargo; se a postura do artista, ao ser fotografado tanto em situações formais quanto informais, tem relação direta com todo o movimento de construção de sua memória; quais são os critérios utilizados para a escolha das imagens constantes nos catálogos da FIC para a ilustração destas publicações; por que há a repetição do uso de fotografias do artista, em publicações de exposições realizadas pela FIC e qual a relação destas com a construção da memória do artista. A análise das entrevistas revelou que o artista tinha noção de como gostaria de ser fotografado, influenciando assim a postura do mesmo no momento das fotografias, além de revelar uma consonância na intenção do fotografo junto ao fotografado; que existem alguns critérios para a escolha das imagens que farão parte da publicação: fotografias que o artista represente o vigor que ele tinha ao pintar, imagens em que Iberê não esteja tão envelhecido - como as da década de 70 e 80 -, evitar imagens em que ele aparece fumando ou que tenham qualquer elemento que traga à tona questões mais delicadas sobre a vida do artista; que a repetição das imagens se dá por quatro fatores, o espaço reduzido que se tem para as imagens, o assunto que está sendo tratado na exposição, a qualidade das imagens existentes referentes ao assunto, os critérios de seleção utilizados para a escolha das imagens, que acabam reduzindo o escopo de imagens e provoca a repetição no uso das mesmas. Por fim, conclui-se que a utilização das imagens fotográficas do artista nas publicações da FIC, faz parte de um movimento de perpetuação e preservação da memória social do artista.
Abstract The photography has been consistently used as object and resource of memory, with the intent of preserve the society memory and of the individuals that are part of it. Having in mind the communication process and interpretation of the information, the photograph image is an instrument of great utility and becomes more and more found to integrate several of the human activities, including here the study of social memory. It is noticeable in some publications of art exhibit that the organizers make use of the artist’s images to set the catalogues, which is the case of Iberê Camargo catalogues, produced by Iberê Camargo Foundation (FIC). Thereby, this present work tries to make a connection between the artist photographic images utilization on these publications aiming the construction of the social memory in relation to the artist itself. The study took as starting point the theoretical writings that approach the themes social memory and photography and, for complementation, was done a historical research from both Iberê Camargo and the foundation that was named with the name of the artist, for substantiation. By means of interviews, was attempt to identify what was the relevance of the photographic images onto the construction of the memory and of the public figure of Iberê Camargo, if the artist posture, when photographic well in formal situations as in informal ones, has direct relation with the entire movement of construction of its memory; what are the criteria exploited for the constant images choices on the catalogues of FIC for those publications illustrations; the reason for the repetition of the artist photographs in publications of exhibits arranged by FIC and what are the connection between those images with the artist memory construction. The interview analyses revealed that the artist had notion of how it would like to be photographed, influenced this way the posture of the same in the moment of the photographs, in addition to revealed a consonance between the intention of the photographer alongside the photographed one; that exists some criteria for the choice of the images that it will be part of the publication, which are: photographs that represent the vigor of the artist when paiting, images where Iberê was not so aged – as the ones on the 70’s and 80’s decades -, to avoid images where he appears smoking or that have any symbolism to the incident that he was part of; that the repetition of the images takes place through four factors, the reduced space that there is for the images, the subject that it is been taking care by the exhibit, the quality of the existing images that refers to the subject, the criteria of selection used for the images choice, which ends up reducing the scope of images and provokes the repletion on the use of the images itself. Finally, it was conclude that the utilization of the artist’s photographic images in the publications of FIC is part of a perpetuation movement and preservation of the social memory of the artist.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/134819
Arquivos Descrição Formato
000987581.pdf (2.565Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.