Repositório Digital

A- A A+

O Transtorno do Espectro Autista : as relações entre a educação e as neurociências – em busca de uma educação inclusiva de qualidade na Educação Infantil

.

O Transtorno do Espectro Autista : as relações entre a educação e as neurociências – em busca de uma educação inclusiva de qualidade na Educação Infantil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O Transtorno do Espectro Autista : as relações entre a educação e as neurociências – em busca de uma educação inclusiva de qualidade na Educação Infantil
Autor Rodrigues, Bruna Sauer
Orientador Corso, Luciana Vellinho
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Autismo
Educação infantil
Resumo Este estudo objetiva refletir sobre as práticas docentes em uma creche pública, localizada no município de Porto Alegre/RS, buscando compreender de que modo os conhecimentos que alguns professores têm sobre o Transtorno do Espectro Autista podem contribuir para uma educação inclusiva de qualidade. A escolha pela temática desta pesquisa se deu a partir de minhas experiências como docente e pelos estudos realizados ao longo do curso de Pedagogia. O trabalho configura-se como um estudo de caso realizado em uma turma de Jardim, com crianças de quatro e cinco anos e com seis professores desta instituição, tendo a entrevista e o diário de classe como instrumentos de coleta de dados. Os conceitos que dão base a esse estudo são: aprendizagem, neurociências, diferenças e diversidade na aprendizagem e o Transtorno do Espectro Autista. Busquei aporte teórico para minhas análises nos estudos de Àngel Reviére, Cleonice Bosa, Rudimar Riesgo, Ramon Cosenza, Leonor Guerra, entre outros. As análises apresentadas foram organizadas em quatro eixos: “Medos, desafios e conquistas dos professores”; “A importância da pesquisa – buscando conhecer o transtorno”; “Profe, tu não entende? O Pedro não fala!”, “A linguagem não verbal e o autismo”; e, por fim, “As concepções de inclusão”. A partir das análises realizadas, é notável a importância da pesquisa, por parte dos docentes, ao se depararem com alunos de inclusão, visando conhecer as características das dificuldades ou dos transtornos que estes possuem para melhor intervir no cotidiano de sala de aula. Percebe-se, também, a necessidade de apoio ao profissional, por parte da instituição e da família, de modo a ajudá-lo a desenvolver um trabalho de qualidade, ou seja, que venha a atender a criança em seu aspecto social, emocional e cognitivo, investindo nas suas possibilidades e desafiando os seus limites.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/134829
Arquivos Descrição Formato
000985236.pdf (570.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.