Repositório Digital

A- A A+

Produção e colaboração científica da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre representada na Web of Science (1961-2014)

.

Produção e colaboração científica da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre representada na Web of Science (1961-2014)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção e colaboração científica da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre representada na Web of Science (1961-2014)
Autor Bettio, Maiara
Orientador Vanz, Samile Andrea de Souza
Co-orientador Alvarez, Gonzalo Rubén
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Bibliometria
Produção científica
Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre
[en] Bibliometrics
[en] Scientific collaboration
[en] Scientific production
Resumo Este trabalho identificou e caracterizou a produção científica da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) através de indicadores bibliométricos de produção e de colaboração. Compõem o corpus de análise os documentos indexados na base de dados Web of Science (WoS) no período de 1961, data de fundação da universidade, a 2014, e que contêm no campo Address pelo menos uma das variações do nome da instituição identificadas na pesquisa. Os dados coletados foram organizados e analisados com o auxílio dos softwares Bibexcel e Excel 2010. A análise dos 1.932 documentos revela que o número de publicações da instituição apresentou crescimento anual significativo, com taxa média de 33,5% ao ano, destacando-se o período 2008-2014. O artigo de periódico foi utilizado em 70,9% das publicações, seguido pelo resumo de evento (16,5%), e 91,3% dos documentos foram publicados no idioma inglês. Verificou-se a presença de 694 periódicos, provenientes de 33 países, sendo 92,5% deles de origem estrangeira e apenas 7,5% nacionais. As áreas de conhecimento com maior produtividade foram a Cirurgia e as Neurociências. A análise de produtividade de autores identificou 6.128 nomes, com número médio de 2,06 publicações por autor. Constatou-se que 68,9% dos autores publicaram apenas um documento e 31,1% dos autores publicaram dois ou mais documentos. Quanto aos níveis de colaboração científica, a autoria múltipla mostra-se predominante, representando 98,6%. Destes, 82,3% foram produzidos em coautoria com autores brasileiros e 17,7% em coautoria com autores de outros países, sugerindo que as práticas de colaboração da UFCSPA estão de acordo àquelas identificadas na produção científica mundial, mas em patamar inferior às observadas na produção científica brasileira. Os Estados Unidos foram o principal país coautor da UFCSPA, seguido por Reino Unido, Canadá, Espanha, França e Argentina. Dos 1.905 documentos com colaboração, 86,8% contavam com duas ou mais instituições coautoras, e 13,2% apenas com uma única instituição autora. Ao total, identificou-se 982 instituições, revelando a diversidade institucional presente nas publicações em coautoria. Entre as 25 principais instituições, predominam universidades nacionais, especialmente as públicas, além de algumas instituições hospitalares. A UFRGS se destaca como a instituição com maior número de documentos publicados em colaboração com a UFCSPA (41,6%) e a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre encontra-se em segundo lugar (31,0%). Embora restrito à análise da produção científica representada na WoS, acredita-se que o estudo contribui para o conhecimento de importantes dimensões das pesquisas realizadas pela UFCSPA, bem como para o aperfeiçoamento de suas políticas de desenvolvimento e de divulgação científicas. Estudos futuros são recomendados, a fim de aprofundar e ampliar os resultados apresentados, especialmente no que tange a redes sociais entre pesquisadores e a indicadores do impacto de sua produção científica.
Abstract this work identifies and characterizes scientific output of Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) through bibliometric indicators of scientific production and collaboration. The analysis corpus is composed by 1932 documents indexed on the Web of Science (WoS) database from 1961 (year of foundation of university) to 2014 containing the address field with at least one of the variations of the institution's name identified in the research. Data were organized and analyzed with Bibexcel and Excel 2010. The analysis reveals a meaningful annual growth (33.5% by year) highlighting the period from 2008 to 2014. The article form was used in 70.9% of publications followed by the meeting abstract form (16.5%). 91.3% of the documents were published in English. In the files were present 694 journals from 33 countries: 92.5% of them are foreign journals and only 7.5% are national ones. The most productive fields of knowledge were Surgery and Neurosciences. The author production analysis identified 6128 names with an average number of 2.06 publications by author. 68.9 % of the authors published only one document and 31.1% published two or more documents. Concerning the levels of scientific collaboration, multiple coauthorship has a clearly predominance representing 98,6% of the output. Among this amount, 82.3% were produced in coauthorship with Brazilian authors and 17.7% in coauthorship with authors from other countries suggesting that collaboration practices of UFCSPA are in agreement to those identified in the international scientific output but at a lower level than Brazilian scientific output. The United States of America was the main coauthor country followed by United Kingdom, Canada, Spain, France and Argentina. From 1905 documents with collaboration, 86.8% had two or more institutional authors and 13.2% had only one. Overall, 982 institutions were identified revealing institutional diversity in coauthorship publications. Among the top 25 institutions, it predominates national universities (especially public ones), and a few hospitals. UFRGS stands out as the institution with the highest number of documents published in collaboration with UFCSPA (41.6%) and the Hospital Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre is in second place (31.0%). Although restricted to analysis of scientific output indexed in WoS, we believe the present study contributes to the knowledge of important dimensions of research conducted by UFCSPA as well to improve their development and scientific dissemination policies. Future studies are recommended in order to deepen and increase the results presented here, especially regarding social networks between researchers and impact indicators of their scientific output.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/134832
Arquivos Descrição Formato
000987578.pdf (1.108Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.