Repositório Digital

A- A A+

Escritas numéricas de milhares e valor posicional : concepções iniciais de alunos de 2ª série

.

Escritas numéricas de milhares e valor posicional : concepções iniciais de alunos de 2ª série

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Escritas numéricas de milhares e valor posicional : concepções iniciais de alunos de 2ª série
Autor Agranionih, Neila Tonin
Orientador Dorneles, Beatriz Vargas
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Ensino
[en] Decimal system
[en] Numeric notations
[en] Place value
[es] Notaciones numéricas
[es] Sistema de numeración decimal
[es] Valor posicional
Resumo As escritas numéricas e o valor posicional do número são o tema desta pesquisa que tem como objetivos: investigar concepções construídas na interação criança-escrita numérica que contribuem para a construção do valor posicional característico do sistema de numeração decimal; identificar contribuições das notações de números multidígitos à conceituação do valor posicional do número, e verificar as formas cognitivas por meio das quais estas contribuições se efetivam. Consiste num estudo de análise qualitativa.Fundamenta-se na concepção epistemológica construtivista, e volta-se para as microaprendizagens presentes no processo de construção da compreensão do valor posicional e de apropriação da escrita numérica convencional de multidígitos. Envolveu nove alunos da segunda série do Ensino Fundamental de uma escola estadual do município de Erechim-RS, selecionados por sorteio a partir da realização de pré-testes com 44 crianças de três turmas nos quais foram avaliadas noções de composição aditiva, domínio da escrita numérica de multidígitos e do valor posicional. Os critérios utilizados para a seleção foram: compreensão da composição aditiva, não-compreensão do valor posicional e o não-domínio das escritas numéricas de multidígitos. Os alunos participantes da pesquisa, organizados em trios, participaram de onze situações didáticas ao longo do segundo semestre letivo do ano de 2005. A pesquisa evidenciou um processo construtivo não linear, no qual as crianças construíram concepções próximas ao valor posicional, à medida que as situações didáticas provocavam reflexões e sucessivas tomadas de consciência sobre as notações em si e sobre as relações entre escritas e agrupamentos. No que se refere ao valor posicional, a escrita numérica não sugeriu, de imediato, a possibilidade de formarem agrupamentos de acordo com as propriedades do sistema de numeração decimal, do mesmo modo que os agrupamentos (organizados dentro destes princípios) não sugeriram, num primeiro momento, a escrita numérica correspondente. Ambos, escritas e agrupamentos, num primeiro momento, significaram para as crianças a quantidade total representada tanto pelas escritas numéricas quanto pelos agrupamentos. Observou-se uma construção incipiente e progressiva dos princípios aditivo e multiplicativo do sistema, bem como da compreensão da organização do sistema em potências de dez, elementos fundamentais ao reconhecimento do valor relativo do algarismo. As notações, por si só, não foram “transparentes” às crianças e o aprendizado do valor posicional ocorreu a partir da reflexão sobre as relações entre os resultados das ações e sobre as próprias reflexões realizadas por abstrações reflexionantes e tomadas de consciência.
Abstract Numeric writings and the number place value are the theme of this research, which aims: to investigate conceptions built on the children-numeric writing interaction that contributes for the construction of place value characteristic of the decimal system; to identify contributions of multidigit numbers to the conceptualization of the number place value and; to verify the cognitive forms through which these contributions are effective. It is a study of qualitative analysis. It is grounded on the constructivist epistemological conception, and it turns to micro-learnings present in the process of construction of place value comprehension and of appropriation of the conventional numeric writing of multidigits. Nine fundamental second grade students from a public state school in the town of Erechim/RS were involved in the research, selected by assortment after the accomplishment of pre-tests with 44 children from three classes in which notions of additive composition, the understanding of numeric writing of multidigit and place value were evaluated. The criteria used for the selection were: comprehension of additive composition, the non-comprehension of place value and the non-dominance of numeric writings of multidigits. The participants of the research, organized in triads, participated in eleven didactic situations during the second school semester of 2005. The research evidenced a constructive, non-linear process, in which children built conceptions close to the place value, as the didactic situations provoked reflections and successive consciousness about notations and about the relations between writings and groupings. Regarding place value, the numeric writing did not suggest, at first, the possibility of forming groups according to the properties of decimal system, in the same manner that the groupings (organized within these principles) did not suggest immediately the correspondent numeric writing. In a first moment, both, writings and groupings, meant for the children the total quantity represented as for numeric writings as for groupings. An incipient and progressive construction of additive and multiplicative principles of the system was observed, as well as the comprehension of the system organization in potencies of tens, fundamental elements for the recognition of the number relative value. The notations, by themselves, were not “transparent” for the children and the learning of place value took place from the reflection about relations between action results and about the reflections accomplished by reflexive abstractions and consciousness.
Resumen Las escritas numéricas y el valor posicional del número son temas de esta pesquisa, que tiene como objetivos: investigar concepciones construidas en la interacción niñoescrita numérica que contribuyen para la construcción del valor posicional característico del sistema de numeración decimal; identificar contribuciones de las notaciones de números multidígitos a la conceptuación del valor posicional del número y verificar las formas cognitivas a través de las cuales estas contribuciones se efectúan. Consiste en un estudio de análisis cualitativo. Se fundamenta en la concepción epistemológica constructivista y se vuelve para los microaprendizajes presentes en el proceso de construcción de la comprensión del valor posicional y de apropiación de la escrita numérica convencional de multidígitos. Involucró nueve alumnos del segundo año de la Enseñanza Primaria – 2ª série do Ensino Fundamental – de una escuela estadual del municipio de Erechim-RS, seleccionados, por sorteo, a partir de la realización de pré-testes con 44 niños de tres grupos en los cuales fueron evaluados nociones de composición aditiva, el dominio de la escrita numérica de multidígitos y del valor posicional. Los criterios utilizados para la selección fueron: comprensión de la composición aditiva, no comprensión del valor posicional y el no dominio de las escritas numéricas de multidígitos. Los alumnos participantes de la pesquisa, organizados en triades, participaron de once situaciones-didácticas a lo largo del segundo semestre lectivo del año de 2005. La pesquisa evidenció un proceso constructivo, no linear, en el cual los niños construyeron concepciones próximas al valor posicional, a la medida que las situaciones didácticas provocaban reflexiones y sucesivas tomadas de conciencia sobre las notaciones en si y sobre las relaciones entre escritas y agrupamientos. A lo que se refiere al valor de posición, la escrita numérica no sugirió, de inmediato, la posibilidad de formar agrupamientos de acuerdo con las propiedades del sistema de numeración decimal, del mismo modo que las agrupaciones (organizados dentro de estos principios) no sugirieron de inmediato la escrita numérica correspondiente. Ambos, escritas y agrupamientos, en un primer momento, significaron para los niños la cuantidad total representada tanto por las escritas numéricas, cuanto por los agrupamientos. Se observó una construcción incipiente y progresiva de los principios aditivo y multiplicativo del sistema, bien como de la comprensión de la organización del sistema en potencias de diez, elementos fundamentales al reconocimiento del valor relativo del guarismo. Las notaciones, tan sólo, no fueron “transparentes” los niños y el aprendizaje del valor posicional ocurrió a partir de la reflexión sobre las relaciones entre los resultados de las acciones y sobre las propias reflexiones realizadas por abstracciones reflexionantes y tomadas de conciencia.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/13485
Arquivos Descrição Formato
000648474.pdf (1.309Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.