Repositório Digital

A- A A+

Metas de inflação em economias emergentes : uma avaliação empírica dos seus efeitos sobre o desempenho macroeconômico

.

Metas de inflação em economias emergentes : uma avaliação empírica dos seus efeitos sobre o desempenho macroeconômico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Metas de inflação em economias emergentes : uma avaliação empírica dos seus efeitos sobre o desempenho macroeconômico
Autor Silva, Kellen Fraga da
Orientador Ferrari Filho, Fernando
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Inflação : Metas
Países em desenvolvimento
[en] Emerging economies
[en] Inflation target
[en] Macroeconomic performance
Resumo As modificações geradas no âmbito das decisões de políticas econômicas nacionais das últimas décadas atentaram para o papel da estabilidade macroeconômica no desempenho das economias de mercado. O controle da inflação constitui-se no objetivo primordial das autoridades monetárias que, a partir dos anos 1990, encontraram na adoção de metas de inflação um modo mais eficiente para atingir a estabilidade de preços. Segundo a literatura convencional contemporânea, os resultados do regime de metas de inflação em economias avançadas e emergentes garantem, diretamente, uma redução dos níveis e da volatilidade das taxas de inflação, uma ancoragem das expectativas inflacionárias e menores custos da desinflação em termos do produto. Entretanto, acredita-se que a intensidade e os impactos desses efeitos podem ser diferenciados ou comprometidos quando aplicados à realidade dos países emergentes. Fundamentadas nas visões críticas das implicações do regime de metas de inflação à evolução das economias emergentes, as discussões teóricas visaram expor as definições gerais do regime de metas de inflação e as questões estruturais da dinâmica macroeconômica dos mercados emergentes. Constatou-se que a preponderância dos mecanismos de transmissão da taxa de câmbio sobre a inflação, os desequilíbrios ficais, financeiros e externos, e as características de vulnerabilidade e instabilidade macroeconômicas dos países emergentes podem dificultar o funcionamento do regime de metas de inflação. Essencialmente, a avaliação empírica dos efeitos de metas de inflação sobre o desempenho macroeconômico dos países emergentes evidenciou que, além deste regime não apresentar relevância estatística na explicação das taxas de inflação, de crescimento do produto e de juros, os movimentos da economia internacional parecem definir as condições de estabilidade macroeconômica nessas economias. Portanto, concluiu-se que a implementação de metas de inflação não melhorou nem piorou o desempenho macroeconômico dos países emergentes que adotaram este regime a partir dos anos 1990. Tal resultado contribui no debate atual sobre a dimensão das políticas de estabilidade de preços e, em especial, os efeitos de metas de inflação em economias emergentes.
Abstract The modifications generated in the scope of national economy policy decisions in the last decades had attempted for the role of macroeconomic stability in the performance of market economies. The control of inflation consisted in the monetary authorities’ primary objective that, from the 1990 years, had found in the adoption of inflation target a more efficient way to reach the price stability. According to conventional literature contemporary, the results of inflation targeting in the advanced and emerging economies guarantee directly a reduction of the level and the volatility in the inflation rates, an anchorage inflationary expectations and lesser costs of disinflation at the product. However, one gives credit that the intensity and the impacts of effects can be differentiated or biased when applied to reality of emerging countries. Based in the critical views of inflation target implications to emerging economies evolution, the theoretical quarrels had aimed at to display the inflation target general definitions and the structural matters of emerging market macroeconomic dynamic. One evidenced that the predominance of the exchange pass through inflation, the external, financial and fiscal disturbs, and the macroeconomic vulnerability and instability characteristics of emerging countries can difficult inflation target working. Essentially, the empirical evaluation of the inflation targeting effects on the macroeconomic performance of emerging countries demonstrated that, beyond this regime not to present statistics relevance in the inflation rates, growth product and interest rates explanation, the movements of the international economy seem to define the conditions of macroeconomic stability in these economies. Therefore, one concluded that the implementation of inflation target did not improve nor got worse the macroeconomic performance of the inflation targeting emergent countries from 1990s. Such result contributes in the current debate on the prices stability policies and, in special, the effect of inflation target in emergent economies.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13486
Arquivos Descrição Formato
000648739.pdf (989.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.