Repositório Digital

A- A A+

Educação química em discurso, ou sobre um modo de olhar para a prática da educação química

.

Educação química em discurso, ou sobre um modo de olhar para a prática da educação química

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação química em discurso, ou sobre um modo de olhar para a prática da educação química
Autor Pastoriza, Bruno dos Santos
Orientador Del Pino, Jose Claudio
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Aprendizagem significativa
Conhecimento científico
Discurso
Ensino de ciências
Interdisciplinaridade
Química
[en] Chemical education
[en] Civility and citizenship
[en] Cognition
[en] Interdisciplinarity
[en] Knowledge
[en] Learning
[en] Statement
[en] Student
[en] Subject
[es] Alumno
[es] Civilidad y cidadania
[es] Cognición
[es] Conocimiento
[es] Educación química
[es] Enunciado
[es] Interdisciplinaridad
[es] Saber
[es] Sujeto
Resumo Esta tese analisa o discurso produzido no campo da Educação Química. Assumindo os saberes e conhecimentos gestados por meio desse campo à atualidade da educação escolarizada da disciplina Química, busca-se colocar em pauta alguns dos elementos centrais do discurso que o atravessa e compõe, marcando tanto sua especificidade quanto sua inter-relação com outros. Apoiando-se e apropriando-se das ideias de discurso, poder, saber e conhecimento, bem como dos processos arqueológicos e genealógicos de investigação, produzidos e discutidos por Michel Foucault e outros autores, nesta tese emerge a centralidade de um enunciado que pauta as produções da Educação Química e instaura a delimitação, o agenciamento, a organização e a exclusão das ações, estratégias, sujeitos, práticas, etc. que podem, ou não, ser considerados relativos a esse campo Como processo analítico, esta tese desenvolveu uma “análise temática” sobre dois grupos de monumentos de trabalho: o primeiro, compreendido como aquele inserido no conjunto da Educação Química, foi constituído com os textos apresentados nos editoriais e em duas seções da Revista Química Nova na Escola – revista de fundamental importância para o campo analisado; o segundo grupo foi tomado como um espaço de diferenciação à própria Educação Química, sendo escolhida a obra de Arnaldo Carneiro Leão, produzida em 1936, como possibilidade de marcação e distinção de um período anterior à emergência do campo em estudo e, por conseguinte, do próprio enunciado que o sustenta. Com os procedimentos realizados, evidenciou-se a emergência de um enunciado que, recorrentemente, é atualizado e posto em jogo na produção da Educação Química, o qual pode ser resumido na noção da necessidade da existência de um sujeito-aluno-cognitivo na organização das ações e processos dessa área. A proposição desse enunciado compreende a organização, a sistematização e o estudo de uma série de pontos dispersos, que foram descritos, explicados e reagrupados ao longo da tese. Nesse processo, tanto houve a ratificação da centralidade do enunciado na prática do discurso, quanto a legitimação desse enunciado em específico no campo objeto de estudo. Nos encaminhamentos, a tese apresenta que o conhecimento desse discurso possibilita um maior assenhoramento da própria educação escolarizada da química, de sua atualidade e de seu futuro.
Abstract This thesis analyzes the discourse produced in the field of Chemical Education. Applying the knowledge and learning gestated through this field to the present of school chemistry education, it seeks to put in question some of the central elements of the discourse that traverses and composes the area, marking both its specificity and its relationship with others. Leaning on and appropriating the ideas of discourse, power, knowledge and learning, as well as the archaeological and genealogical methods of research, as produced and discussed by Michel Foucault and others, this thesis highlights the centrality of a statement that guides the productions of Chemical Education and establishes the delimitation, the agents, the organization and the exclusion of actions, strategies, subjects, practices, etc. which may or may not be considered related to this field. As an analytical process, this thesis developed a "thematic analysis" on two groups of works: the first, understood as the one inserted in the set of Chemical Education, was established with the texts presented in the editorials and in two sections of the Química Nova na Escola journa – journal of fundamental importance for the analyzed field; the second group was taken as a distinct space from the Chemical Education itself, and was composed by the work of Arnaldo Carneiro Leão, produced in 1936, as a possibility of marking and differentiating a period prior to the emergence of the field of study and therefore to the own statement that sustains it. With the procedures performed, the emergence of a statement that, repeatedly, is updated and brought into play in the production of Chemical Education was evidenced, which can be summarized in the existence necessity of a cognitive-student-subject in the organization of the actions of the area. The proposition of this statement comprises the organization, systematization and study of a series of scattered points, which have been described, explained and regrouped along the thesis. In this process, there was the ratification of the centrality of the statement in the discourse practice as well as the legitimation of this specific statement in this field of study. As an outcome, the thesis shows that the knowledge of this discourse provides more control over school chemistry education itself, its present and its future.
Resumen Esta tesis analiza el discurso en el área de la Educación Química. Asumiendo los saberes y conocimientos que este campo ha promovido en la actualidad de la educación escolarizada de la disciplina química, se busca poner de relieve algunos de los elementos centrales del discurso que la atraviesa y compone, marcando tanto su especificidad como su interrelación con otros. Apoyándose y apropiándose de las ideas de discurso, poder, saber y conocimiento, bien como de los procesos arqueológicos y genealógicos de investigación que Michel Foucault y demás autores han producido, en esta tesis emerge la centralidad de un enunciado que basa las producciones de la Educación Química y a partir del que hay la delimitación, agenciamiento, organización y exclusión de las acciones, estrategias, sujetos, prácticas, etc., que pueden, o no, considerarse relativos a ese campo. Como proceso analítico, esta tesis ha desarrollado un “análisis temático” sobre dos grupos de monumentos de trabajo: el primero, comprendido como aquel insertado en el conjunto de la Educación Química, está constituido de los textos presentados en los editoriales y en dos secciones de la Revista Química Nova na Escol – periódico de fundamental importancia para el campo que se analiza; el segundo ha sido tomado como un espacio de diferenciación de la propia Educación Química, donde se eligió la obra de Arnando Carneiro Leão, de 1936, como posibilidad de marcación y distinción de un periodo anterior a la emergencia del campo estudiado y, por consiguiente, del proprio enunciado que le sostiene. De los procedimientos que se realizaron, ha sido evidenciada la emergencia de un enunciado que, recurrentemente, se actualiza y se lo pone en juego en la producción de la Educación Química, el que puede resumirse a la noción de necesidad de existencia del sujeto-alumno-cognitivo para la organización de las acciones de la área. La proposición de ese enunciado comprende la organización, sistematización y estudio de una serie de puntos dispersos, que han sido descritos, explicados y reagrupados a lo largo de la tesis. En ese proceso, hubo tanto la ratificación de la centralidad del enunciado en la práctica del discurso cuanto su legitimidad, específicamente, en lo que toca al campo objeto de estudio. La tesis presenta que el conocimiento de ese discurso posibilita más empoderamiento de la propia educación escolarizada de la química, de su actualidad y de su futuro.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/134871
Arquivos Descrição Formato
000987322.pdf (3.975Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.