Repositório Digital

A- A A+

Contribuição ao estudo petrográfico e geoquímico dos carvões da jazida de Chico Lomã Santo Antônio da Patrulha

.

Contribuição ao estudo petrográfico e geoquímico dos carvões da jazida de Chico Lomã Santo Antônio da Patrulha

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuição ao estudo petrográfico e geoquímico dos carvões da jazida de Chico Lomã Santo Antônio da Patrulha
Autor Lima, Laura Marcia Ferreira de Souza
Orientador Silva, Zuleika Carreta Correa da
Data 1984
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Carvão
Geoquímica
Resumo São apresentados os resultados dos estudos petrográfico e geoquímico dos carvões da jazida de Chico Lomã, localizada no município de Santo Antônio da Patrulha, no nordeste do Rio Grande da Sul, situada entre as jazidas de Morungava (limite oeste) e Santa Terezinha (limite leste). Na sondagem estudada - 02-TG-88-RS - foram identificadas 7 camadas e 5 leitos de carvão. Entre estes, apenas as camadas E e F apresentam suficiente extensão lateral para serem consideradas economicamente exploráveis. Os carvões são ricos em matéria mineral, constituída, principalmente, de argila. O grupo maceral mais freqüente é o da vitrinita. No que diz respeito aos microlitotipos, ocorre, em geral, o predomínio de carbominerita. Foram identificadas 3 associações de microlitotipos, determinando a existência das seguintes faciologias: ambiente telmático (predomínio de vitrita-clarita), limo-telmático (predomínio de carbargilita-vitrita) e límnico (predomínio de carbargilita-durita-trimacerita). Os carvões apresentam rank que varia de betuminoso alto volátil C/sub-betuminoso A a betuminoso alto volátil A (ASTM). A utilização tecnológica dos carvões das camadas E e F, na siderurgia, pode ser sugerida, mesmo considerando-se seu elevado teor em cinza, desde que sejam submetidos a processos de beneficiamento. Em relação aos argilo-minerais, constatou-se a presença de caolinita, aparentemente relacionada ao conteúdo da matéria orgânica, e do interestratificado ilita-montmorilonita, provavelmente de origem detrítica. Foram identificados 3 grupos de elementos traços : associados à fração orgânica (Co, Ge, Ni, V e Zr), elementos intermediários (Cr, Cu e Sr) e associados à fração inorgânica (B, Ba e Ga). Observou-se, também, que os elementos do primeiro grupo, de maneira geral, se enriquecem nos litotipos com maior conteúdo de vitrênio, ao contrário dos elementos do último grupo que tendem a se enriquecer no carvão fosco e nos folhelhos. Os estudos realizados indicam um paleoambiente de água doce, no qual, provavelmente, tenham ocorrido pequenas ingressões marinhas entre as fases de formação de turfa.
Abstract The results of petrographic and geochefiical studies about the coal seams of Chico Lomã basin, Santo Antônio da Patrulha, northeast region of Rio Grande do Sul, are presented. The basin is limited to the west by Morungava coal field and to the east by the coal measures of Santa Terezinha basin. Seven coal seams and five layers of coal were studied from the cores of the borehole 02-TG-88-RS . Although several coal seams occur the only worth exploitable are the so called E and F. The coals are rich in mineral matter, mainly clay. The most frequent maceral group is the vitrinite and among the microlithotypes, the most important is carbominerite. The associations of microlithotypes related to three different peat-foming environments were identified, accordingly (a) vitrite - clarite association in the telmatic fakies; (b) carbargilite-vitrite association related to the limno-telmatic facies and, (c) carbargilite-durite-trimacerite association which occur in the limnic environment. The coal rank ranges from high volatile bituminous C/ sub-bituminous A to high volatile betuminous A (ASTM) . The technological utilization of coals from E and F seams, although their high ash content, is suggested. Kaolinite is probably related to the organic matter and illitemontmorilonite mixed-layer is considered to be of detrital origin. Three group of trace elements were identified: elements associated to organic matter (Co, Ge, Ni, V and Zr) , intermediate elements (Gr, Cu and Sr) and elements associated to mineral matter (B, Ba and Ga). The elements of first group are enriched in the litholypes with a higher vitrinite content, and elements of the third group are enriched in the dull coal and in the shales. Although a fresh-water paleoenvironment is indicated by the petrographic and geochemical data, short lasting marine ingressions might occur between sucessive periods of peat formation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/1353
Arquivos Descrição Formato
000011897.pdf (22.80Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.