Repositório Digital

A- A A+

Um Outro olhar sobre o urbano, reflexões sobre a fundação do bairro Jardim do Salso

.

Um Outro olhar sobre o urbano, reflexões sobre a fundação do bairro Jardim do Salso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um Outro olhar sobre o urbano, reflexões sobre a fundação do bairro Jardim do Salso
Autor Ferreira, Maria Emília Rodrigues
Orientador Fontoura, Luiz Fernando Mazzini
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Bairros
Espaço urbano
Geografia urbana
Jardim do Salso (Porto Alegre, RS)
Negros
Periferia urbana
Territorialidade
[en] Black etnia
[en] Landscape
[en] Migration
[en] Periphery
[en] Territoriality
Resumo O crescimento das periferias em Porto Alegre é uma realidade incontestável. O que talvez ainda seja pouco explorada é a noção da temporalidade envolvida nos processo migratórios das populações para a periferia. Ou seja, as pessoas migram para a periferia de Porto Alegre há pelo menos 40 anos. Nosso trabalho nesta dissertação foi colocar o foco de investigação sobre o tema as motivações que a etnia negra teve para realizar trajetórias de migração para a periferia de Porto Alegre. E também entender suas estratégia de ajustamento ao novo meio, inaugurando ali um novo território. Dentro deste contexto de visão de uma oportunidade de vida, a forma como se deu a ocupação do bairro. Analisamos a questão da paisagem: suas alterações a longo de 40 anos, percebendo na fala dos entrevistados a busca por um ambiente bem estruturado para si e suas famílias. Podendo desta forma deixar um legado para filhos e netos.
Abstract The elaboration of the thought and the reflection concerning derives of the Brazilian social space, as well as specifically of the periphery, is a challenge. In the direction of that this universe accumulates of stocks many important slight knowledge for geography human being and the social thought. For example: the daily one, social classrooms, social papers, territoriality and identity. This context is established in a gamma of meanings and starts to represent devoir of the modern man, of form that it has greater social visibility. This we believe must be the paper of cultural geography. To make the readings of this series of questions of the subjectivity of the man in the relative questions to the land, the social space and the place specifically the periphery. The reflection of these slight knowledge brings in itself, the mark of that we live an age of successions of events in the time and history and that all our actions assume an irreversible character. We are actors searching adjustments and readjustments all the moment, in our daily one. Most difficult it is to understand for where we are going. E which the direction of the wars for territories, slaughters for ownerships of farms in the interior of Brazil, if in the end of all the processes, is politicians, social, or economic the structures most rigid are the first ones to up down. Or saying de other thing, the time not stop, therefore, also in the direction of the territories and ownerships, the trend is to have changes. According to Ortiz (1999) The tradition in Social Sciences of the space in its immediate relation co the environment, inside of this line of reasoning, each place, establishment, or agricultural community possess individuality, a quality that it is proper. In this direction the quality that is proper is to desire to belong to some place, to identify itself.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13538
Arquivos Descrição Formato
000633918.pdf (2.184Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.