Repositório Digital

A- A A+

As bandeiras de Lisa Simpson: o feminino na personagem

.

As bandeiras de Lisa Simpson: o feminino na personagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As bandeiras de Lisa Simpson: o feminino na personagem
Autor Santana, Gisele Lins
Orientador Rossini, Miriam de Souza
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Propaganda e Publicidade.
Assunto Os Simpsons (Desenho animado)
Representação do feminino
[en] Animation
[en] Cinema
[en] Feminine
[en] Feminism
[en] Series
[en] The Simpsons
Resumo Esta monografia analisou a apresentação do feminino na personagem Lisa Simpson. O objetivo principal foi observar como essa apresentação ocorre por meio das bandeiras que a personagem defende. A partir disso, pretendi problematizar o comportamento de Lisa em relação às convenções acerca do feminino no cinema hollywoodiano. Para isso, foi necessário compreender como a figura feminina é apresentada nesse cinema, baseando-me principalmente em Kaplan (1995), Turner (1997) e Mulvey (2008). A fim de compreender a narrativa seriada e como Os Simpsons configura-se enquanto produto audiovisual televisivo, Machado (2001), Pallottini (1998) e Calabrese (1994) foram os principais autores lidos. Por tratar-se de análise de personagem, foi imprescindível abordar o conceito dessa figura e sua função dentro da narrativa. Desse modo, Vogler (2006) e novamente Pallottini auxiliaram-me nesse objetivo. Para a análise, foi utilizada a metodologia proposta na obra de Jullier e Marie (2009). Os episódios analisados foram divididos em duas categorias: visão política e respeito à vida. Essas categorias foram definidas conforme a determinação de Lisa em posicionar-se enquanto mulher perante as questões abordadas em cada um dos episódios.
Abstract This monograph analised the feminine representation in the character Lisa Simpson. The main goal was to observe how this representation occurs through the ideals that the character defends. From that, I intended problematizing Lisa's behavior towards the conventions about the feminine in the Hollywood cinema. For that, it was necessary to comprehend how the feminine figure is presented in this cinema, basing me mainly in Kaplan (1995), Turner (1997) e Mulvey (2008). To comprehend the serial narrative and how The Simpsons is configured as a televisive audiovisual product, Machado (2001), Pallottini (1998) and Calabrese (1994) were the main reading authors. For being a character analysis, it was indispensable to approach the concept of this figure and its function inside the narrative. This way, Vogler (2006) and again Pallottini assisted me in this goal. For the analysis, it was used the metodology proposed in the work of Jullier and Marie (2009). The analised episodes were divided in two categories: political vision and life respect. Those categories were defined by Lisa's determination in positioning herself as a woman front of the approached questions in each episode.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/135402
Arquivos Descrição Formato
000987854.pdf (1.875Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.