Repositório Digital

A- A A+

Por uma geografia do cotidiano : território, cultura e homoerotismo na cidade

.

Por uma geografia do cotidiano : território, cultura e homoerotismo na cidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Por uma geografia do cotidiano : território, cultura e homoerotismo na cidade
Autor Costa, Benhur Pinós da
Orientador Heidrich, Álvaro Luiz
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Espaço social
Espaço urbano
Geografia humana
Homoerotismo
Territorialidade
[en] Culture
[en] Homoerotism
[en] Homossexuality
[en] Identity
[en] Modernity
[en] Social space
[en] Territoriality
[en] Territory
[en] Urban sapace
Resumo Entendemos o espaço social como condição da relação dialética entre ordem e desvio na modernidade. Em primeiro momento se produz e reproduz vinculado a condição alienada do “homem-partiuclar” (Heller, 1991) e dos atores sociais de Goffmann (1996), que representam uma “Geografia funcional dos papéis sociais”. Em segundo momento, é condição dos conflitos existentes entre o id e o superego de Freud (1974) e da emergência do sujeito de Touraine (1994). Essa relação dialética explica os sujeitos contemporâneos e implica em expressões territoriais que contém tanto elementos de repressão/ordem, assim como táticas desviacionistas (De Certeau, 1994). Procuramos entender as “microterritorializações urbanas” (COSTA, 2005) resultantes dessas relações enfocando a existência de agregados sociais vinculados aos desejos homoeróticos e a condição homossexual na cidade.
Abstract We understand the space social as condition of the relation dialectic between order and shunting line in modernity. At first moment if it produces and it reproduces entailed the mentally ill condition of the “man-particular” (Heller, 1991) and of the social actors of Goffmann (1996), that they represent a “functional Geography of the social papers”. In according to moment, it is condition of the existing conflicts between id and superego of Freud (1974) and of the emergency of the citizen of Touraine (1994). This relation dialectic explains the citizens contemporaries and implies in territorial expressions that contain as many elements of repression/order, as well as desviacionistas tactics (De Certeau, 1994). We look for to understand the “urban microterritorializações” (Costa, 2005) resultant of these relations focusing social the aggregate existence tied with the homoerotics desires and the homosexual condition in the city.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/13543
Arquivos Descrição Formato
000643152.pdf (1.851Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.