Repositório Digital

A- A A+

Correlação entre resultados da Nursing Outcomes Classification com a Escala de Braden e a Escala de avaliação de risco para o desenvolvimento de lesões decorrentes do posicionamento cirúrgico

.

Correlação entre resultados da Nursing Outcomes Classification com a Escala de Braden e a Escala de avaliação de risco para o desenvolvimento de lesões decorrentes do posicionamento cirúrgico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Correlação entre resultados da Nursing Outcomes Classification com a Escala de Braden e a Escala de avaliação de risco para o desenvolvimento de lesões decorrentes do posicionamento cirúrgico
Autor Cardozo, Michelle Cardoso e
Orientador Silva, Eneida Rejane Rabelo da
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Avaliação de resultados (cuidados de saúde)
Diagnóstico de enfermagem
Enfermagem perioperatória
Úlcera por pressão
Resumo A Escala de Braden, assim como a Escala de Avaliação de Risco para o Desenvolvimento de Lesões Decorrentes do Posicionamento Cirúrgico (ELPO), são escalas validadas na prática clínica. Estas ferramentas podem auxiliar os enfermeiros de centro cirúrgico na avaliação do risco de desenvolvimento de lesões relacionados a posicionamento no período perioperatório. Uma outra possibilidade de avaliação do risco de desenvolvimento de Lesão decorrente da posição durante a cirurgia, é a utilização da Nursing Outcomes Classification (NOC), que como vantagem possibilita a avaliação clínica do paciente em um continuum. Nesta perspectiva, este estudo buscou analisar a correlação entre os resultados da NOC no período perioperatório para pacientes com diagnóstico de enfermagem Risco de lesão por posicionamento perioperatório (00087) com a Escala de Braden e a ELPO. Estudo transversal em banco de dados do projeto “Aplicabilidade clínica dos resultados de enfermagem da Nursing Outcomes Classification (NOC) para pacientes com diagnóstico Risco de lesão por posicionamento perioperatório”. A coleta de dados do estudo original ocorreu no período de outubro a dezembro de 2014. Foi realizado com pacientes de ambos os sexos, idade igual ou superior a 18 anos de idade, com agendamento para realização de procedimento anestésico e cirúrgico eletivos na UBC (cirurgia porte 2, 3 ou 4), e com diagnóstico de enfermagem estabelecido em prontuário de Risco de lesão pelo posicionamento perioperatório (00087). Foram avaliados 50 pacientes predominantemente do sexo masculino, idade média de 54±15 anos. Os resultados da NOC associados aos escores da Braden mostraram correlação de moderada à alta magnitude e significativas com os seguintes resultados da NOC: Consequências da Imobilidade: fisiológicas (0204), Gravidade da Perda de Sangue (0413), Estado Circulatório (0401), Perfusão Tissular: celular (0416), Perfusão Tissular: periférica (0407), Termorregulação (0800), Estado Neurológico: periférico (0917) e Integridade Tissular: pele e mucosas (1101); os seguintes resultados da NOC: Termorregulação (0800) e Integridade Tissular: pele e mucosas (1101) tiveram correlação inversa de moderada magnitude e significativas com a ELPO. Estes achados permitem concluir que a aplicação da NOC mostrou correlações de moderada a alta magnitude com duas escalas já utilizadas na prática clínica, indicando que sua utilização pode ser factível neste cenário.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/135526
Arquivos Descrição Formato
000987498.pdf (1.127Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.