Repositório Digital

A- A A+

Práticas de educação em saúde utilizadas por enfermeiros no enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) : uma revisão integrativa

.

Práticas de educação em saúde utilizadas por enfermeiros no enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) : uma revisão integrativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Práticas de educação em saúde utilizadas por enfermeiros no enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) : uma revisão integrativa
Autor Hauschild, Déborah Ruschel
Orientador Machado, Maria Luiza Paz
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Cuidados de enfermagem
Doença crônica
Educação em saúde
Resumo Trata-se de um estudo do tipo revisão integrativa (RI) baseada em Cooper (1984). Objetivou-se caracterizar as práticas de educação em saúde utilizadas por enfermeiros no enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT). Para a busca foram utilizadas as bases de dados: Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e Base de Dados de Enfermagem (BDENF). Após o cruzamento dos descritores foram encontrados 324 artigos disponíveis, dos quais, após a leitura dos resumos, 293 foram excluídos por não responderem à questão norteadora ou por estarem repetidos; 28 foram os selecionados para a leitura na íntegra. Após a leitura e avaliação foram excluídos ainda 22 artigos por não responderem ao objetivo do estudo, restando, desta forma, seis artigos para análise. A análise evidenciou que 83,3% dos estudos utilizou a técnica de grupos como abordagem para desenvolver práticas de educação em saúde com portadores de DCNT. As principais estratégias adotadas nas atividades grupais foram jogos sobre temas envolvendo as DCNT, a troca de experiências e o feedback como maneiras de promover a educação em saúde. A abordagem individual foi utilizada por 16,6% dos estudos, por meio da aplicação de manuais e o contato por telefone como forma de favorecer o autocuidado. Conclui-se que a adoção de práticas em educação em saúde utilizadas por enfermeiros e direcionadas para os pacientes portadores de DCNT são relevantes e que tais ações promovem o entendimento do paciente sobre suas patologias e favorecem a adesão aos tratamentos e o aumento da qualidade de vida. Para que mais pacientes possam se promover dessas ações sugere-se que novos estudos sejam realizados para aumentar a produção sobre esta temática, a qual se mostrou bastante escassa no presente estudo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/135541
Arquivos Descrição Formato
000987027.pdf (916.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.