Repositório Digital

A- A A+

A prática da educação física : problemas e alternativas transformadoras na ação educativa e social

.

A prática da educação física : problemas e alternativas transformadoras na ação educativa e social

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A prática da educação física : problemas e alternativas transformadoras na ação educativa e social
Autor Reppold Filho, Alberto Reinaldo
Orientador Silva Triviños, Augusto Nibaldo
Data 1988
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação
Função social
Treinamento
Resumo O presente trabalho teve por objetivo traçar um quadro das dificuldades enfrentadas pelos professores que lidam com a Educação Física nas escolas de 1º, 2º e 3º graus de Porto Alegre e apresentar alternativas práticas para a superação destas dificuldades. Fizeram parte do estudo professores de Educação Física de 74 escolas estaduais, particulares e municipais de 1º e 2º graus e, professores de 6 estabelecimentos particulares e federais de ensino superior de Porto Alegre, num total de 275 indivíduos. A coleta de dados realizou-se através de questionário aberto, escala de opinião tipo Likert, observação de aulas e análise de documentos legais. Para a interpretação estatística utilizou-se os testes t análise de variância e teste U de Mann-Whitney. Para as informações de natureza qualitativa utilizou-se a técnica da Análise de Conteúdo. Os resultados obtidos indicaram que em relação à formação profissional recebida no curso de Educação Física atender às exigências da realidade de trabalho, não houve diferença significativa entre os professores das escolas particulares e públicas de 1º e 2º grau. Os professores, de forma geral, consideraram a área biológica como a mais adequada, seguida das áreas técnico-profissional e didático-pedagógica. A área humanística foi considerada a menos adequada. Em relação aos aspectos estruturais houve diferença significativa entre as respostas dos professores das escolas particulares e públicas de 1º e 2º graus. Os professores das escolas particulares consideram suas condições mais adequadas que os professores das escolas públicas. No ensino superior a situação se inverteu, os professores das escolas públicas consideraram suas condições melhores do que os das escolas particulares. Em relação ao local de trabalho constatou-se diferença significativa entre as escolas públicas e particulares de 1º e 2º grau. Os professores das escolas particulares consideram as condições de seu local de trabalho mais adequadas. Quanto aos aspectos didáticos-pedagógicos, tanto os professores das escolas públicas como das particulares de 1º e 2º graus consideraram que seus alunos mostram-se comprometidos com as aulas de Educação Física. Esses resultados formaram um quadro bastante coerente quando confrontados com a política econômica adotada pelo governo nas últimas décadas que repercutiu na educação sobre a forma de privatização e de utilização do ensino superior como instrumento de formação de mão-de-obra para o desenvolvimento do país nos moldes capitalistas. Como alternativas para a superação dessas dificuldades recomendamos: - a nível de formação profissional: o acréscimo de disciplinas da área humanística que permitam a aquisição de conhecimentos mais aprofundados sobre as questões políticas e sociais do professor de Educação Física; - a nível de local de trabalho: a integração dos conteúdos das aulas de Educação Física aos conteúdos das outras disciplinas curriculares principalmente nas primeiras séries do 1º grau; - em relação aos aspectos didático-pedagógicos: fornecer conhecimentos teóricos sobre a Educação Física que permitam aos alunos desenvolver atividades físicas e desportivas, mesmo fora da escola, de forma consciente e independente, com condições de identificar seus benefícios e malefícios sem auxílio do professor; - a nível estrutural recomendamos a militância em espaços que permitam uma interferência mais direta nas questões políticas e econômicas do país, tais como: associações, sindicatos e partidos políticos.
Abstract The objective of the present research was to outline the difficulties faced by teachers who deal with Physical Education in 1st, 2nd and 3rd schools of Porto Alegre, and find practical alternatives to overcome these difficulties. This study comprehends Physical Education teachers from 74 1st and 2nd grade state, private and municipal schools as well as teachers from 6 private and federal higher education institutions of Porto Alegre, who all sum up 275 individuals. The data have been assessed through open questionnaire, Likert´s scale of opinion, class observation and analysis of legal documents. The instruments used for the statistical interpretation were t test, variance analysis and Mann-Whitney´s U test. The technique of content analysis has been used for the information of qualitative nature. The results achieved showed that in terms of the professional formation in Physical Education meeting the needs or working reality, there was no significant difference between 1st and 2nd grade private and public school teachers. In general, teachers find the biological area more appropriate, followed by the technical-professional and didatic-pedagogic areas. The humanistic area was considered the least appropriate. As far as structural aspects are concerned, there was significant difference between the answers of 1st and 2nd grade private and public school teachers. Private school teachers find their conditions more appropriate than the situation was just the opposite: public school teachers find themselves in better conditions than the ones from private schools. As far as the place of work is concerned, there was significant difference between 1st and 2nd grade public and private schools. Private school teachers think the conditions of their place of work are more appropriate. In terms of didatic-pedagogic aspects, either the 1st and 2nd grade public or private school teachers reported their students to look committed to Physical Education classes. These results outlined a very coherent situation as opposed to the economic policy adopted by the government in the last decades, which reflected in privatization and in the use of higher education as a means of making up labor force to develop the country in a capitalist way. Therefore, we recommend the following alternatives to overcome these difficulties: - in terms of professional fomation: increase the number of humanistic disciplins which may provide deeper knowledge acquisition about the political and social duties of a Physical Education teacher; - in terms of place of work: integration of the contents of a Physical Education class with the contents of other curricular disciplins, mainly in the first years of Elementary Schools; - as far as didatic-pedagogic aspects are concerned: provide theoretical knowledge about Physical Education so as students can develop physical and sportive activities, even away from school, in a conscious, independent way, being able to identify their benefits and harms with no help of the teacher; - in terms of structural aspects: it is necessary to operate in areas where people can fight for a more direct interference in political and economic matters of the country, such as unions and political parties.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/1366
Arquivos Descrição Formato
000012191.pdf (11.31Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.