Repositório Digital

A- A A+

Biologia e conservação de quelônios no Delta do Rio Jacuí - RS : aspectos da história natural de espécies em ambientes alterados pelo homem

.

Biologia e conservação de quelônios no Delta do Rio Jacuí - RS : aspectos da história natural de espécies em ambientes alterados pelo homem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biologia e conservação de quelônios no Delta do Rio Jacuí - RS : aspectos da história natural de espécies em ambientes alterados pelo homem
Autor Bujes, Clovis de Souza
Orientador Verrastro Viñas, Laura
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal.
Assunto Biologia animal
Conservação da fauna
História natural
Quelonios
Resumo O conhecimento que temos sobre a história natural de quelônios ocorrentes no Brasil, e principalmente no estado do Rio Grande do Sul, é ainda rudimentar. As principais causas dessa carência de informações na literatura são atribuídas à dificuldade de obtenção de dados de animais na natureza. As ações humanas colocaram em risco várias populações de quelônios e sua biodiversidade tem declinado por todo o mundo. Desta forma, este estudo busca informações básicas acerca da historia natural de populações sinantrópicas, investigando alguns aspectos da história natural de uma comunidade de quelônios que ocorre no Parque Estadual Delta do Jacuí, Rio Grande do Sul, Brasil. O trabalho foi executado entre abril de 2003 e dezembro de 2006 em três pontos amostrais distintos no interior do Parque: Ilha da Pintada, Fazenda Kramm e Ilha das Flores. Os animais foram capturados manualmente e com armadilhas iscadas. Todo o animal capturado foi identificado como espécie, teve o sexo determinado a partir dos caracteres sexuais secundários e recebeu um número individual de identificação. Os espécimes foram pesados e medidos em comprimento (CC) e largura (LC) da carapaça, em comprimento (CP) e largura (LP) do plastrão, em altura do casco (AC), em comprimento da sutura médio ventral (CSMV), em largura cefálica (LCF) e o comprimento da cauda foi registrado em duas porções: distância da cloaca em relação à margem do plastrão (CD1) e comprimento total (CD2). A dieta dos animais foi analisada através do exame do conteúdo fecal, o qual foi obtido após manter os espécimes capturados confinados em baldes com água por cerca de 24 horas. A temperatura a que foram expostos os ovos durante a incubação, em condições naturais, foi monitorada a intervalos de três horas por um período de vinte e quatro horas mensalmente, durante os cinco primeiros meses de incubação. Cerca de 40% dos ovos retirados destes ninhos foram incubados em condições artificiais. Assim, foram comparados os gradientes de temperatura em ambas condições, bem como o período de incubação e o comportamento de eclosão e emergência dos filhotes. Durante este estudo, no Delta do Jacuí, foram registrados a tartarugatigre- d’água Trachemys dorbigni (66% das capturas), o cágado-preto Acanthochelys spixii (8%), o cágado-de-pescoço-de-cobra Hydromedusa tectifera (5%) e o cágado-cinza Phrynops hilarii (21%). Estas espécies ocuparam diferentes tipos de hábitats, tais como, banhados, canais, sacos, rios, canais de irrigação, quadras de arroz, poças e cavas. A destruição e a fragmentação do hábitat, a poluição e a desinformação humana foram as principais ameaças aos quelônios no Parque. As primeiras observações sobre a variação no padrão de escutelação em T. dorbigni, descritas nesta tese, revelaram que 7,7 % dos machos, 10,52% das fêmeas, 14,28% dos imaturos e 6,52% dos filhotes eram portadores de algum tipo de anomalia no casco, bem como apresentaram escudos epidérmicos supernumerários. A associação de diferentes fatores ambientais, interagindo sobre o desenvolvimento embrionário dos indivíduos, parece ser a responsável pela alteração do padrão de escutelação nesta espécie. O exame do conteúdo fecal demonstrou que parte da dieta de T. dorbigni foi composta de gastrópodes nativos (familia Hydrobiidae), Trichodactylus sp. Latreille, 1825 (Crustacea) e material vegetal (Poaceae, Angiospermae), além da presença de areia e material sintético. Estes resultados culminaram com uma informação inédita na literatura, qual seja, a predação de T. dorbigni sobre o mexilhão-dourado (Limnoperma fortunei). Este fato demonstra a importância do estudo deste quelônio como potencial controlador biológico do mexilhãodourado, uma espécie introduzida no delta. Outra informação importante e, também, original foi o primeiro registro de ocorrência da tartaruga-americana Trachemys scripta elegans, em ambientes ocupados pela espécie nativa T. dorbigni, no Parque Estadual Delta do Jacuí. Durante o estudo de alguns parâmetros populacionais de Trachemys dorbigni foram capturados 137 exemplares (30 machos, 93 fêmeas e 14 jovens), com taxa de recaptura relativamente baixa (5,1%). O período de atividade destes quelônios foi registrado entre os meses de agosto e abril. A densidade dos indivíduos residentes nas três áreas de coleta foi de 19.0, 7.3 e 4.0 tartarugas/ha e a biomassa, respectiva, foi de 62,2 Kg (20,73 Kg/ha), 49,94 Kg (8,32 Kg/ha) e 44,64 (4,96 Kg/ha). Não foram encontradas diferenças morfométricas significativas entre os espécimes coletados nas três áreas. A razão sexual foi igual a 1:1 e a distribuição de classes de tamanho revelou que a população era marcadamente composta por adultos (89,78%). Os ninhos construídos pelas fêmeas de Phrynops hilarii são constituídos de abertura, pescoço e câmara de incubação com dimensões médias de 143 por 126 mm. Os ovos (N = 78), oriundos de seis ninhos, foram caracterizados como esféricos, 34 x 32 mm (grau de esfericidade = 0,9561), brancos, de casca calcária e com peso médio de 21,47 g. Destes, 50 foram monitorados em condições naturais e 28, em condições artificiais. O período de incubação variou de 157 a 271 dias, em condições naturais, e de 130 a 191 dias, em condições artificiais e o sucesso de eclosão foi de 42,86 a 75% e 50 a 100% nas respectivas condições. A temperatura média no interior dos ninhos oscilou de 24,17 a 27,27°C, e foram similares às temperaturas médias do substrato, que variaram de 24,62 a 27,05°C e às médias do ar que oscilaram de 23,4 a 25,27 °C, enquanto que a temperatura média em condições artificiais foi de 22,18°C. Os filhotes eclodidos em condições artificiais foram significativamente maiores do que aqueles eclodidos em condições naturais. Os resultados obtidos neste estudo, além de revelar similaridades com outras espécies de quelônios, servirão como suporte para futuras estratégias de conservação dos hábitats e das espécies ocorrentes no Rio Grande do Sul.
Abstract The knowledge we have about the natural history of chelonians occurring in Brazil, especially in Rio Grande do Sul state, is very limited. This lack of information is probably due to the difficulty of data collection from nature. Human actions jeopardize several chelonian populations and their biodiversity has been decreasing over the world. Thus, the present study focuses on basic information about natural history of synantropic populations; investigating some aspects of natural history of a chelonian community that occurs in the Delta do Jacuí State Park, Rio Grande do Sul state, Brazil. The present work was carried out between April 2003 and December 2006 in three distinct sampling stations inside the Park: Pintada Island, Kramm Farm, and Flores Island. The animals were captured manually or by baited traps. All animals captured were identified to species level, were categorized in males or females according to secondary sexual characters, and received an individual identification number. All specimens were weighed and the following measurements were taken: length (CL) and width (CW) of carapace, length (PL) and width (PW) of plastron, height of the shell (HS), length of the medium ventral suture (MVSL), head width (HW), and length of the tail recorded as the distance from the cloacae relative to the border of the plastron (TL1) and as total length (TL2). The diet of the animals was analyzed by examining fecal contents which was collected from captured animals kept in a bucket filled with water for a period of 24 hours. The ambient temperature, in which the eggs were incubated, in natural conditions, was monitored monthly every three hours for a period of 24 hours, in the first five months of incubation. About 40% of the eggs removed from these nests were incubated in artificial conditions. Thus, temperature gradients were compared in both conditions, as well as incubation period, hatching behavior and emergence of the juveniles. During the present study, the following chelonian species were found in the Delta do Jacuí State Park: Orbigni’s slider Trachemys dorbigni (66% of total captures), spiny necked turtle Acanthochelys spixii (8%), South American snake necked turtle Hydromedusa tectifera (5%) e o Hilaire’s side-necked turtle Phrynops hilarii (21%). These species occupied different types of habitats, such as marshes, canals, ponds, rivers, irrigation channels, rice fields, puddles, and cavas (artificial pool). Habitat destruction and fragmentation, pollution, and human action were the main threats to the chelonians in the Park. First observations about the variations in the pattern of scute formation in T. dorbigni, presented here, revealed that 7.7 % of males, 10.52% of females, 14.28% of immatures, and 6.52% of the juveniles carried a type of anomaly in the shell, as well as presented supernumerary epidermal shields. The combination of several environmental factors, acting on the embryonic development of the individuals might be responsible for the modification of the pattern of scute formation in this species. Analyses of fecal contents showed that part of the diet of T. dorbigni was composed by native gastropods (family Hydrobiidae), Trichodactylus sp. Latreille, 1825 (Crustacea) and plant material (Poaceae, Angiospermae). Also, sand and synthetic material was found in the feces. These results are novel since they indicate predation of T. dorbigni on golden mussel (Limnoperma fortunei), demonstrating the relevance of studying this chelonian as potential biological control for the golden mussel, an introduced species in the delta. Another new and important finding was the occurrence of the American turtle Trachemys scripta elegans, in environments occupied by the native species T. dorbigni, in the Delta do Jacuí State Park. During the study of some population parameters of Trachemys dorbigni a total of 137 specimens was captured (30 males, 93 females, and 14 juveniles), with a relatively low recapture rate (5.1%). The period of activity of these chelonians was recorded between August and April. The density of residents in the three sampling areas was 19.0, 7.3, and 4.0 turtles/ha and the respective biomass was 62.2 Kg (20.73 Kg/ha), 49.94 Kg (8.32 Kg/ha), and 44.64 (4.96 Kg/ha). No significant morphometric differences were found among specimens collected in the three sampling areas. Sexual ratio was 1:1 and the distribution of size classes revealed that the population was markedly composed by adults (89.78%). Nests constructed by females of Phrynops hilarii had an apperture, a neck, and an incubation chamber with mean dimensions of 143 by 126 mm. The eggs (N = 78), collected from six nests, were characterized as spherical, 34 x 32 mm (spherical degree = 0,9561), white, with a calcareous shell and a mean weight of 21.47 g. A total of 50 eggs were monitored in natural conditions, while 28 were kept in artificial conditions. The incubation period varied between 157 and 271 days, in natural conditions, and from 130 to 191 days, in artificial conditions. Hatching success ranged from 42,86 a 75% and from 50 to 100% in the respective conditions. Mean temperature inside the nests varied between 24.17 and 27.27°C, was similar to the substrate mean temperatures that ranged between 24.62 and 27.05°C, and to the air mean temperatures that oscillated between 23.4 and 25.27 °C. Mean temperature in artificial conditions was 22.18°C. Juveniles hatched in artificial conditions were significantly larger than those coming from natural conditions. In addition to reveal some similarities with other chelonian species, the results presented in this study may be used as a model for future conservation strategies for habitats and species occurring in Rio Grande do Sul state.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/13712
Arquivos Descrição Formato
000641759.pdf (6.512Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.