Repositório Digital

A- A A+

Compreensão, autoria e ética : movimentos e possibilidades em curso de gestão pública a distância

.

Compreensão, autoria e ética : movimentos e possibilidades em curso de gestão pública a distância

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Compreensão, autoria e ética : movimentos e possibilidades em curso de gestão pública a distância
Autor Biancamano, Mary da Rocha
Orientador Axt, Margarete
Co-orientador Fagundes, Léa da Cruz
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Ensino à distância
Gestão pública
Informática na educação
Resumo Dentro do espaço proporcionado pelo Laboratório de Linguagem de Estudos em Linguagem, Interação e Cognição, na linha de pesquisa Ambientes Informatizados e Educação a Distância, do Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação – PPGIE, e partindo do contexto da administração pública e do processo de aprendizagem nas organizações, este trabalho procura responder alguns questionamentos relacionados com a aprendizagem do indivíduo, embasando-se em teorias de Jean Piaget e de Mikhail Bakhtin, e explorando as possíveis interlocuções entre as ciências administrativas e da educação. O foco do estudo esteve nos processos e movimentos de autoria, compreensão e ética do sujeito, enquanto integrante de um coletivo, em processos de aprendizagem em ambientes virtuais cooperativos e colaborativos, AVA-CC, considerando o Ciclo de Aprendizagem Vivencial de Kolb e Fry (1978) e o espaçonúcleo central identificado no processo de Compreensão e Autoria, na prática docente da pesquisadora. Consideraram-se os pressupostos relativos às Dinâmicas da Compreensão e da Autoria e delinearam-se os objetivos para identificação desses modos/processos em AVA-CC e as práticas pedagógicas que poderiam potencializá-los. A revisão da literatura fundamentou-se em autores dessa área, principalmente em Nonaka e Takeuchi (espiral do conhecimento); Argyris e Schön, Edward Garvin, Swieringa e Wierdsma (ciclo de aprendizagem nas organizações e indivíduos); Kolb e Fry (ciclo de aprendizagem vivencial), enfatizando a construção do conhecimento e a aprendizagem nas organizações. Nos autores de referência, Mikhail Bakhtin e Jean Piaget, as fundamentações centraram-se, respectivamente, nos processos de Autoria, com base em posições enunciativas, sob o eixo do dialogismo na interação com o “outro”, e nos processos do Fazer e Compreender, relacionados à teoria da Tomada de Consciência, sob o eixo da interação com o objeto/conceito e o “outro”. A pesquisa teve como sujeitos os alunos do Curso de Especialização a distância em Administração Pública Eficaz – CEAPE - e se desenvolveu dentro da Escola de Administração (EA/UFRGS), em seu Núcleo de Aprendizagem Virtual, por meio de ambiente virtual de aprendizagem – Plataforma NAVi -, que se apresentou como um contexto aberto e dinâmico, por meio de interface simples e lógica, com funcionalidades abrangentes e de fácil navegação. Na perspectiva interacional-dialógica deste trabalho, e em conformidade com a metodologia, utilizou-se o software NVivo2 para pesquisa, como instrumento viabilizador de indexação, busca e organização do conteúdo textual coletado. Os documentos textuais selecionados nos Fóruns e Aulas Interativas de 20 Disciplinas do curso CEAPE, no período de abril de 2005 a junho de 2007. Com base nos dados quantitativos, a análise da escrita dos treze alunos-autores do curso teve como indicadores os conceitos planejamento, competência, conhecimento e as categorias compreensão, autoria e ética. E a análise dos dados coletados levou em consideração extratos horizontais no contexto coletivo dos alunos-autores, em que os processos e movimentos de autoria, compreensão e ética, em AVA-CC, foram confrontados à luz das teorias de referência e analisadas as práticas pedagógicas utilizadas, segundo dois Momentos de Aprendizagem: MA1, em que se verificaram a repetição de textos/de discurso dos professores e/ou tentativas de reconstruir o conceito no discurso do aluno; encontros do saber prático prévio com os conceitos teóricos, por meio de acoplagens à experiência vivencial, produzindo sentido, dentro de uma ética própria; e, MA2, de autonomização do aluno em relação aos próprios textos, projetando para uma nova prática autoral, dentro de uma ética. Concluiu-se que o espaço-núcleo identificado entre o fazer e o compreender extravasa no Ciclo de Aprendizagem Vivencial de Kolb (1978), constituindo-se em interação dialógica no processo de aprendizagem individual, projetando uma possível aprendizagem organizacional.
Abstract Inside the space provided for the Language Laboratory of Study of Language, interaction and cognition, in the research line of Informatics Environments and Distantce Education, the Informatics in Education Post-graduation Program-PPGIE, and written from the public administration and from the organizations learning process perspective (context), this research seeks answers to few experimental learning related questions, based on Jean Piaget and Mikhail Bakhtin theories and by exploring the possibles dialogues between management and education science. The study focus is on the person’s process and movement of authorship, comprehension and ethics, as a part of a group, in process of learning on cooperatives and collaborative virtual environments, AVA-CC, considering the Experiential Learning Cycle and the nuclear-space identified on the process of Comprehension and Authorship, of the teaching practice of the researcher. Considering the presupposed related to the Comprehension and Authorship Dynamics, aims are drawn for the identification of this manner/process in AVA-CC and the pedagogic practices that could potentialize them. The literature revision is fundamented in Authors of that discipline, especially in Nonaka and Takeuchi (Spiral of Knowledge); Argyris e Schön, Edward Garvin, Swieringa e Wierdsma (Organization’s and Individual’s Learning Cycle); Kolb e Fry (Experiential Learning Cycle), empathizing the arrangement of the knowledge and the learning on organizations. The referential authors, Mikhail Bakhtin and Jean Piaget, whose fundamentions are centered, respectively, on the process of Authorship, based on enunciative positions, from the parameter of interaction dialogic between parts, and the process of Do and Understand; related to the theory of Prize the Conscience, under the interaction axle with the object/concept and the “other”. The research has as subject the Distant Specialization Curse Students on Efficacious Public Administration- CEAP- and was developed inside of the Management School (EA/UFRGS), in the Virtual Learning Nucleus, that occur by virtual learning environment - NAVI Platform - introduced as a open and dynamic context, thought a simple and logical interface, that contain multiple functionalities and without great efforts navigation. Based on the interactional-dialogic prospective of that work, and in conformation with the methodology, the software NVivo2 has been used for research as an enable Instrument of indexation, seek and organization of the textual context collected. The textual documents were selected from the Forums and Interactive Classes of 20 Disciplines of the course CEAPE, which occurred on the period between April 2005 and June 2007. Based on the quantitative data from the writing analyses of the thirteen studentsauthors of the course, it had as indicative of concept planning, competence, knowledge and the categories comprehension, authorship and ethics. The data analyses considered horizontal extracts of the cluster context of the pupil-authorships, in which the authorship processes and movement, comprehension and ethic, in AVA-CC, were confronted against the referential theories and pedagogical practice analyzed, according with two Learning Moments: MA1, in which are verified repetition of texts/discuss from the professor’s and/or the attempt to reconstruct the pupil speech concept; previous practice knowledge and theory concepts encounter, by means of merger with tacit knowledge, producing sense, inside a property ethic; and MA2, the pupil autonomy (taking process) related to their own texts, leading for a new ethical authorial practice. Concludes that the nuclear-space identify between the Do and Understand, flow out Experiential Learning Cycle by Kolb (1978), constituting the dialogical interaction on the process of individual learning, projecting a possible operational learning.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/13752
Arquivos Descrição Formato
000649563.pdf (4.714Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.