Repositório Digital

A- A A+

Dinâmica populacional de Cryptoblabes gnidiella (Lepidoptera, Pyralidae) e parasitóides associados em pomares de videira, mantidos sob dois sistemas de manejo, no Rio Grande do Sul

.

Dinâmica populacional de Cryptoblabes gnidiella (Lepidoptera, Pyralidae) e parasitóides associados em pomares de videira, mantidos sob dois sistemas de manejo, no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dinâmica populacional de Cryptoblabes gnidiella (Lepidoptera, Pyralidae) e parasitóides associados em pomares de videira, mantidos sob dois sistemas de manejo, no Rio Grande do Sul
Outro título Population dynamics of Cryptoblabes gnidiella (Lepidoptera, Pyralidae) and parasitoids associate in grapevine orchards, under two management systems, in Rio Grande do Sul
Autor Oliveira, Ricardo Bisotto de
Orientador Redaelli, Luiza Rodrigues
Co-orientador Sant'Ana, Josue
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Inseto
Praga de planta
Uva
Resumo A traça-dos-cachos, Cryptoblabes gnidiella (Millière) (Lepidoptera, Pyralidae) é um inseto polífago associado a diversas espécies vegetais, dentre estas a videira. Nesta cultura, as lagartas alimentam-se nos cachos causando lesões nas bagas e o extravasamento do suco, o qual favorece a proliferação de doenças fúngicas que inviabilizam a utilização dos frutos para processamento ou consumo in natura. Neste trabalho foram investigados aspectos da dinâmica populacional da traça-doscachos em dois pomares de Vitis vinifera cv. Pinot Noir, sendo um mantido com aplicações de inseticida e o outro sem, no período de julho de 2004 a julho de 2005, em Bento Gonçalves, RS. A população de adultos de C. gnidiella foi monitorada utilizando-se armadilhas Delta iscadas com feromônio sexual sintético e os imaturos através da coleta e o exame de cachos e ramos de videira. Não houve diferença significativa no tamanho das populações de C. gnidiella entre os dois pomares. Constatou-se correlação significativa entre a temperatura máxima e a umidade relativa do ar e o número de imaturos nos cachos. O estágio fenológico da videira (período de cachos secos) foi o fator mais relacionado com a presença do inseto na cultura. Quatro espécies de microimenópteros foram registradas pela primeira vez parasitando a traça-dos-cachos: Pimpla croceiventris (Cresson) (Ichneumonidae), Venturia sp. (Ichneumonidae), Macrocentrus sp. (Braconidae) e uma espécie identificada apenas em nível de família (Perilampidae), sendo Apanteles sp., a primeira ocorrência para o Brasil. Com base nos resultados obtidos constatou-se que a permanência de cachos nos pomares após a colheita pode servir como refúgio para os imaturos de C. gnidiella no período de inverno e contribuir para as infestações na safra seguinte.
Abstract The honeydew moth, Cryptoblabes gnidiella (Millière) (Lepidoptera, Pyralidae) is a polyphagous insect associated to several vegetable species, including grapevine. In this culture, the larvae feed on grapes allowing leaking of juice and proliferation of fungus. It makes unfeasible the use of grapes for processing or consuming in natura. In this work, population dynamics aspects of honeydew moth were investigated in two vineyards of Vitis vinifera cv. Pinot Noir, one maintained with insecticide applications and the other, without it, from July/2004 to July/2005, in Bento Gonçalves, RS. The adults of C. gnidiella population were monitored by using Delta traps baited with synthetic sexual pheromone and, the immatures, through the collection and exam of berries and grapevine branches. Immatures of C. gnidiella were only registered in the berries. There was no significant difference in the size of the populations, in any insect stages, between the two orchards. Correlation was verified among the factors, maximum temperature and relative air humidity and the number of immatures in the berries. The largest number of adults and immatures was observed in the period of dry grapes. Four species of microhimenopterous were registered for the first time as parasitoids of honeydew moth: Pimpla croceiventris (Cresson) (Ichneumonidae), Venturia sp. (Ichneumonidae), Macrocentrus sp. (Braconidae) and one identified species just at family level (Perilampidae), being Apanteles sp., the first occurrence in Brazil. Based on the results, it was verified that the permanence of the dry grapes in the orchards after the crop, could serve as refuge for the immatures of C. gnidiella in the winter period, contributing for the infestations in the following harvest.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13757
Arquivos Descrição Formato
000643794.pdf (875.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.