Repositório Digital

A- A A+

Estratégias de manejo nutricional para novilhas e vacas primíparas de corte

.

Estratégias de manejo nutricional para novilhas e vacas primíparas de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias de manejo nutricional para novilhas e vacas primíparas de corte
Outro título Feeding strategics of nutritional management to heifers and primiparous beef cows
Autor Tanure, Soraya
Orientador Lobato, Jose Fernando Piva
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Gado de corte
Novilha de corte
Nutricao animal
Resumo Foram conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar o desenvolvimento e o desempenho reprodutivo de novilhas de corte do sobreano ao final do segundo período reprodutivo aos três anos de idade. O experimento I foi conduzido de 01/07/2006 a 03/03/2007, com 120 novilhas Braford com 20 meses de idade ao início do período. Os animais foram distribuídos em dois tratamentos: T1 – pastagem natural; T2 – acesso a suplemento protéico com 40% de proteína bruta, no nível de 0,1% do peso vivo (PV), durante 120 dias (01/07 a 31/10/2006). O PV e a condição corporal (CC) não sofreram influência dos tratamentos (P>0,05). Entretanto, o ganho médio diário no período agosto-setembro foi superior (P<0,05) para as novilhas do T2 (0,479 kg vs. 0,335 kg). Os PV e a CC ao início do acasalamento foram de 363 kg e 360 kg e 4,5 e 4,6 para T1 e T2, respectivamente (P>0,05). As taxas de prenhez não foram afetadas pelos tratamentos: T1 = 73,3%; T2 = 76,3%. O experimento II iniciou em 12/04/2007 (terço inicial da gestação) e foi conduzido até 07/02/2008, data do segundo diagnóstico de gestação. Após o parto as novilhas foram submetidas a diferentes estratégias alimentares: T1 – pastagem natural na recria, período de gestação e pós-parto; T2 – pastagem natural com suplemento protéico na recria, pastagem natural no período de gestação e pósparto; T3 – pastagem natural na recria e período de gestação e pastagem melhorada (Lolium multiflorum L., Trifolium repens cv. Yi e Lotus corniculatus L. cv. São Gabriel) no pós-parto; T4 – pastagem natural com suplemento protéico na recria, pastagem natural no período de gestação e pastagem melhorada no pós-parto. O peso ao parto foi superior em T2 e a condição corporal ao parto foi superior em T1, T2 e T3, enquanto o ganho médio diário do parto ao início do segundo acasalamento foi superior em T3 (P<0,05). O peso ao início do segundo acasalamento não sofreu influência dos tratamentos (P>0,05). Em todos os tratamentos as vacas perderam peso durante o período reprodutivo. Entretanto, vacas com menores perdas apresentaram maiores taxas de prenhez (TP). As TP foram de 76,5; 71,4; 94,7 e 95,0%, respectivamente para T1, T2, T3 e T4 (P<0,01).
Abstract Two experiments were conducted with the objective of evaluate the growth and the reproductive performance of yearling beef heifers at 24 months old until the second reproductive period at three years old. The experiment I was conducted from 07.01.2006 to 03.03.2007, with 120 Braford heifers with 20 months old. The animals were allocated in two treatments: T1 – natural pasture; T2 – access to proteic supplementation with 40% of crude protein, at 0.1% of live weight (LW) during 120 days (07.01 to 10.31.2006). Live weight and body condition (BC) were not affected by the treatments (P>.05). However, the mean daily gain from August to September was higher (P<.05) for T2 heifers (0.479 kg vs. 0.335 kg). The LW and BC at the beginning of mating period were 363 kg and 360 kg and 4.5 and 4.6 for T1 and T2, respectively (P>.05). Pregnancy rates were not affected by the treatments: T1 = 73.3%; T2 = 76.3%. The experiment II started in 04.12.2007 (initial pregnancy period) and was conducted until 02.07.2008, day of the second pregnancy diagnostic. After the calving the primiparous cows were submitted to four treatments: T1 – natural pasture at rearing, gestation period and post-calving; T2 – natural pasture with proteic supplementation during rearing, natural pasture during gestation period and post-calving; T3 – natural pasture at rearing and gestation period and improved natural pasture (Lolium multiflorum L., Trifolium repens cv. Yi and Lotus corniculatus cv. São Gabriel) at post-calving; T4 – natural pasture and proteic supplementation during rearing, natural pasture during gestation period and improved natural pasture at post-calving. The live weight at calving was higher for T2 and the body condition at calving was higher for T1, T2 and T3, while the average daily gain at calving until the beginning of second mating was higher for T3 (P<.05). The weight at the beginning of the second mating was not affected by the treatments (P>.05). In all treatments cows lost weight during the reproduction period. However, cows with lower weight losses had higher pregnancy rates (PR). The PR were 76.5; 71.4; 94.7 and 95.0%, respectively for T1, T2, T3 and T4 (P<.01).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13765
Arquivos Descrição Formato
000648250.pdf (963.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.