Repositório Digital

A- A A+

Contribuição ao reconhecimento geomorfológico das feições nas adjacências do Rio Piratini durante as variações do nível do mar desde o Pleistoceno - Planície Costeira do Rio Grande do Sul

.

Contribuição ao reconhecimento geomorfológico das feições nas adjacências do Rio Piratini durante as variações do nível do mar desde o Pleistoceno - Planície Costeira do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuição ao reconhecimento geomorfológico das feições nas adjacências do Rio Piratini durante as variações do nível do mar desde o Pleistoceno - Planície Costeira do Rio Grande do Sul
Autor Silva, Diandro Cunha da
Orientador Ayup-Zouain, Ricardo Norberto
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Geologia marinha
Geomorfologia
Piratini, Rio (RS)
Rio Grande do Sul, Planície costeira
Resumo A parte compreendida do rio Piratini na Planície Costeira do Rio Grande do Sul esta inserida dentro dos sistemas deposicionais de origem marinha responsáveis pela formação da referida feição geomorfológica. Através de técnicas de geoprocessamento aplicadas em imagens de satélite Landsat ETM+ e TM e do uso de modelos numéricos do terreno, foram identificadas feições geomorfológicas que compõem a paisagem. Para isto utilizamos técnicas de realce, as que evidenciam as feições e também seus respectivos processos, correlacionando aspectos topográficos, disposição da paisagem e possíveis eventos da variação do nível do mar. Foram identificadas as seguintes feições: um paleodelta e três (3) zonas significativas de quebra na topografia, os quais correspondem a sistemas de terraços-barreira. Os desnivelamento topográficos ficam localizados nas cotas altimétricas de 18, 7 e 5 m, sendo estes correlacionáveis com os eventos marinhos transgressivos de 400, 120 e 5 ka respectivamente. O conjunto de informações coletadas e interpretadas auxilia para a confecção de um mapa geomorfológico da área de estudo, ilustrando como a paisagem esta disposta atualmente e quais os possíveis processos que atuaram para a geração de cada feição.
Abstract Piratini river, on the coastal plain of Rio Grande do Sul, is part of the depositional systems of marine origin which are responsible for the development of the refereed geomorphological feature. From geoprocessing techniques applied on satellite images Landsat ETM+ and TM and from the use of numerical models of the terrain, were identified geomorphological features that are part of the landscape. In order to accomplish that, distinction techniques were used, which identify the features and also their respective processes, relating topographic aspects, landscape disposition and possible events of sea level oscillations. The following features were identified: a paleodelta and tree (3) zones of significant break on the topography that correspond to systems of lagoon-barrier systems. The topographic irregularities are located on the altimetric cotes of 18, 7 and 5 meters, which can be related to events of marine transgression of 400, 120 and 5 ka respectively. The set of collected and interpreted informations favours the confection of a geomorphological map of the study area, showing how the landscape is disposed currently and what are the possible processes that act to generate each feature.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13771
Arquivos Descrição Formato
000652713.pdf (25.76Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.