Repositório Digital

A- A A+

Buceta subversiva: corpo, sexualidade e desejo no zine Garota Siririca

.

Buceta subversiva: corpo, sexualidade e desejo no zine Garota Siririca

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Buceta subversiva: corpo, sexualidade e desejo no zine Garota Siririca
Autor Ocaña, Jéssica Zappas
Orientador Rosário, Nísia Martins do
Co-orientador Tomazetti, Tainan Pauli
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Estudos de gênero
Fanzine
Sexualidade
[en] Alternative media
[en] Body
[en] Desire
[en] Fanzine
[en] Feminism
[en] Sexuality
Resumo Este trabalho analisa como são construídos os sentidos sobre corpo, sexualidade e desejo no zine feminista Garota Siririca (2015). Parte-se das teorias baseadas nos estudos de gênero para definir como se configuram as noções de sexualidade na sociedade contemporânea e a partir disso, construir contextualizações sobre corpo e desejo, sobretudo, no que diz respeito à mulher. No tocante da contextualização política do objeto de estudo, discute-se a imprensa feminista como motivadora de debates que não estão nas pautas da mídia tradicional. Além disso, são traçadas reflexões sobre o conceito de mídia alternativa em relação à história dos fanzines. Metodologicamente, através de elementos da Análise de Conteúdo (BARDIN, 1977), e teorias do Design sobre a Sintaxe da Linguagem Visual (DONDIS, 2007), analisam-se três histórias do zine Garota Siririca (2015) buscando compreender como a história em quadrinhos constrói os sentidos contra-normativos em relação à sexualidade, desejo e corpo da mulher. A partir das análises, observou-se que o zine se propõe a desconstruir os estereótipos de gênero, na medida em que aborda de maneira explícita situações e comportamentos das mulheres que não são encontrados, ou que, inclusive, são renegados pela cultura heteronormativa conforme as mídias tradicionais.
Abstract This paper analyzes how the senses are built on body, sexuality and desire in feminist zine Garota Siririca (2015). It starts with the theories based on gender studies to define the configuration of the notions of sexuality in contemporary society and from that, building on contextualization body and desire, especially with regard to women. Regarding the political context of the subject matter, it discusses the feminist press as motivating discussions that are not in the agendas of traditional media, in addition, reflections are drawn on the concept of alternative media in relation to the history of fanzines. Methodologically through elements of Content Analysis (BARDIN, 1977), and theories of Design on Visual Language Syntax (DONDIS, 2007), we analyze three stories from zine Garota Siririca (2015) that bring situations involving masturbation, orgasm and female sexuality, trying to understand how the comic book builds counter-normative meanings in relation to sexuality, desire and woman's body. It was concluded at the end of the analysis, the zine attempts to deconstruct gender stereotypes, in that it addresses explicitly situations and behaviors of women who are not found, or even renegades by heteronormative culture as the traditional media.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/137801
Arquivos Descrição Formato
000988116.pdf (3.844Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.