Repositório Digital

A- A A+

Influência do fotoperíodo na inclusão de diapausa em Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: tortricidae)

.

Influência do fotoperíodo na inclusão de diapausa em Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: tortricidae)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência do fotoperíodo na inclusão de diapausa em Grapholita molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: tortricidae)
Outro título Influence of photoperiod in diapause induction in grapholita Molesta (Busck, 1916) (Lepidoptera: tortricidae)
Autor Sausen, Carla Daniele
Orientador Sant'Ana, Josue
Co-orientador Redaelli, Luiza Rodrigues
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Entomologia agricola
Mariposa oriental
Praga de planta
Resumo Grapholita molesta é uma das principais pragas de Rosaceae, provocando danos significativos nas brotações e nos frutos. Nos meses de dormência das rosáceas, no sul do Brasil, a densidade populacional é reduzida. Nesse estudo, foi avaliada a influência dos fotoperíodos (10L:14E, 11L:13E, 12L:12E, 13L:11E, 14L:10E e 16L:8E) na temperatura de 25 ± 1 ºC e umidade relativa de 60 ± 10% na indução da diapausa nas fases de ovo, larva, pré-pupa e pupa de G. molesta. Observou-se também o efeito do fotoperíodo no tempo de desenvolvimento dos insetos que não manifestaram diapausa, bem como a fertilidade, a fecundidade e a duração das fases imaturas da segunda geração. A diapausa foi observada, no estágio de prépupa, apenas quando ovos e larvas com menos de 12 horas foram expostos às fotofases de 10, 11, 12, 13 e 14 horas. Entre os indivíduos que não manifestaram dormência, a redução da fotofase tendeu a aumentar o tempo de desenvolvimento dos insetos. A fecundidade e a fertilidade, de modo geral, não foram afetadas pelo fotoperíodo. O tempo de desenvolvimento dos indivíduos da segunda geração tendeu a ser mais longo nas fotofases entre 14 e 10 horas.
Abstract Grapholita molesta is a major pests of Rosaceae, causing significant damage to buds and fruits. In Southern Brazil, its population density is reduced during Rosaceae dormancy months. In this study, we evaluated the influence of photoperiod (10L:14D, 11L:13D, 12L:12D, 13L:11D, 14L:10D and 16L:8D) on diapause induction of egg, larval, prepupal and pupal phases in G. molesta, at 25 ± 1 ºC of temperature and 60 ± 10% of relative humidity. We also observed the photoperiod effect on the duration of development of non-diapausing insects, on fertility and fecundity, and the duration of the immature stages of the second generation. The prepupal diapause was observed only when eggs and larvae were submitted to photophases of 10, 11, 12, 13 and 14 hours. Among the individuals that did not manifest dormancy, the photophase reduction tended to increase the length of development. In general, fecundity and fertility were not affected by the photoperiod. The development of the second generation individuals tended to be longer in the photophases between 10 and 14 hours.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/138241
Arquivos Descrição Formato
000756909.pdf (842.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.