Repositório Digital

A- A A+

Biologia e caracterização dos danos de Anastrepha fraterculus (wiedemann) (Diptera, Tephritidae) em quivi (Actinidia spp.)

.

Biologia e caracterização dos danos de Anastrepha fraterculus (wiedemann) (Diptera, Tephritidae) em quivi (Actinidia spp.)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biologia e caracterização dos danos de Anastrepha fraterculus (wiedemann) (Diptera, Tephritidae) em quivi (Actinidia spp.)
Outro título Biology and damage of Anastrepha fraterculus (wiedemann) (Diptera, Tephritidae) in kiwi (Actinidia spp.)
Autor Lorscheiter, Rafael
Orientador Redaelli, Luiza Rodrigues
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Entomologia agricola
Kiwi
Mosca das frutas
Praga de planta
Resumo Este trabalho objetivou caracterizar, a campo, os danos de A. fraterculus e avaliar, em laboratório, aspectos biológicos da espécie em duas cultivares de quivi (Actinidia chinensis cv. MG06 e Actinidia deliciosa cv. Bruno). Frutos das duas cultivares foram infestados em pomar situado em Farroupilha, RS, no início (30% do tamanho final), metade (90% do tamanho final) e final do ciclo (ponto sw colheita), e em laboratório, desde o início da frutificação até a colheita, com adultos de A. fraterculus. Na cultivar MG06, três dias após a primeira infestação, realizada no início do desenvolvimento, observou-se a formação de exsudato cristalino nos locais de punctura e, na colheita, rachaduras, depressões e primórdios de galerias. Na mesma cultivar, registrou-se fibrose nos frutos infestados no ponto de colheita. Apesar de terem sidos computados ovos nos frutos, a campo, não houve desenvolvimento larval nessa cultivar. Na cultivar Bruno não foram constatados danos e ovos. Não houve queda de frutos atribuída a A. fraterculus em ambas cultivares Verificou-se o desenvolvimento larval, em laboratório, quando os frutos apresentavam, no mínimo, 6,4% e 7,0% de sólidos solúveis totais, respectivamente, para as cultivares MG06 e Bruno. Anteriormente ao período de colheita, moscas desenvolvidas na cultivar MG06 apresentaram menor duração do período de ovo a pupa. Em frutos colhidos no ponto de colheita, um número significativamente maior de ovos foi constatado na cultivar MG06, o que pode ser atribuído à menor pilosidade. Entretanto, o número de pupários foi semelhante entre as cultivares. Na cultivar Bruno, verificou-se, significativamente, menor duração do período ovo a pupa, maior longevidade de fêmeas e maior tamanho de indivíduos de ambos os sexos em frutos colhidos no ponto de colheita. Adultos emergidos nesse hospedeiro foram mais fecundos e férteis. Os resultados sugerem que a cultivar MG06, em laboratório, é a mais adequada para o desenvolvimento de A. fraterculus até próximo à época de colheita, ocorrendo o contrário quando os frutos foram coletados no ponto de colheita. Entretanto, não foram obtidos indivíduos a campo em ambas as cultivares.
Abstract The present study aimed to characterize the damage of A. fraterculus and evaluate biological aspects of this specie in two kiwi cultivars (Actinidia chinensis cv. MG06 e Actinidia deliciosa cv. Bruno). Fruits of both cultivars were infested in orchards at Farroupilha, RS, in the beginning (30% of final size), middle (90% of final size) and end (harvest point) of the cicle, and in laboratory, since the beginning of fruiting until harvest, with A. fraterculus adults. Three days after the first infestation, held in early development of cultivar MG06, the formation of a crystalline exudate in puncture sites was observed, and, at harvest, cracks, depressions and beginnings of galleries. Also, there was fibrosis in fruits infested at harvest point. Although the eggs have been counted, at field, there was no larval development on MG06 fruits. Damage and oviposition weren’t found at cultivar Bruno. There was no fruit drop attributed to A. fraterculus in both cultivars. In laboratory, larval development was observed when the fruits had, at least, 6.4 % (MG06) and 7.0 % (Bruno) of total soluble solids. Before the harvest period, flies developed in MG06 showed shorter duration of egg to pupa In fruits collected at harvest point, a significantly higher number of eggs was found on MG06 fruits which can be attributed to the lower pubescence. However, the number of pupae was similar between the cultivars. There was significantly shorter cycle of egg to pupa, higher longevity and size of individuals of both sexes developed on Bruno fruits collected at harvest point. Also, adults emerged from this cultivar laid more eggs and were more fertile. The findings suggest that the MG06 cultivar, in laboratory, is the most appropriate for the developing of A. fraterculus before the harvest season than Bruno, but the opposite occurs when fruits are collected in harvest point. However, no individuals were observed at field in both kiwi cultivars.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/138274
Arquivos Descrição Formato
000776418.pdf (1.256Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.