Repositório Digital

A- A A+

Entre-lugares : em busca de disposições poéticas

.

Entre-lugares : em busca de disposições poéticas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Entre-lugares : em busca de disposições poéticas
Autor Lenz, Francielle Limberger
Orientador Sousa, Edson Luiz Andre de
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Literatura
Utopia
[en] Literature
[en] Psychoanalysis
Resumo Ao ingressar no trabalho em um hospital universitário, através de um concurso público, experimentei o quão necessária, mas também o quão problemática, é toda nomeação. Porque acredito na necessidade de participação e nas possibilidades de invenção na gestão pública e na clínica psicanalítica, reconstituíram-se perguntas sobre quais aproximações são possíveis entre estes campos. Como a escuta clínica instrumentaliza para o trabalho na instituição? O encontro com a psicanálise, a literatura e os estudos utópicos, enquanto ferramentas ópticas, possibilitou a problematização das inquietações sentidas, produzindo uma experiência compartilhável. A leitura de Thomas Bernhard foi importante re-curso de pesquisa, operando um giro no discurso: da vivência do hospital como um não lugar (u-topos) à um lugar que condensa muitos lugares da cultura (heterotopia). Neste percurso pode-se perceber como a psicanálise e a literatura podem contribuir no campo das instituições. Ao se inscreverem como uma possibilidade de leitura dos discursos correntes, como uma ética (pautada na escuta de singularidades), permitem a análise das relações, das histórias construídas, dos silêncios e repetições, bem como da implicação de cada um na sustentação destas.
Abstract When I started to work at a university hospital, through a public tender, I have experienced how necessary, and how problematic, it is any nomination. Since I believe in the need for participating and in the possibilities of invention in the public administration and in the psychoanalytic clinic, questions were reconstructed on which approaches are possible between these fields. How the clinical listening does provide the tools to work in the institution? The encounter with psychoanalysis, literature and utopian studies, while optical tools, allowed the questioning of felt concerns, producing a shareable experience. Reading Thomas Bernhard was an important re-search, operating a twist in the speech: from experiencing the hospital as a non-place (u-topos) to a place that condenses many places of culture (heterotopia). In this course, one can see how psychoanalysis and literature can contribute in the field of institutions. When registering as a possibility for reading the current discourse, as an ethic (based on listening of singularities), allow the analysis of the relationship, the stories built, the silences and repetitions, as well as the implication of each one in order to support it.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/138305
Arquivos Descrição Formato
000989725.pdf (766.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.